Publicado 22 de Julho de 2016 - 5h30

A Santa Casa de Campinas abriu nesta semana a primeira ala especializada para o atendimento de queimados da Região Metropolitana. São 12 leitos, e 90% do atendimento serão para o SUS. Os investimentos são de R$ 3 milhões. Em média, a cada mês, Campinas tem cerca de 75 pessoas feridas por algum tipo de queimadura. [NUMERO_PAGIN]PÁGINA A9[/NUMERO_PAGIN]