Publicado 10 de Julho de 2016 - 5h30

A Operação Lava Jato continua com sua devassa em algumas estatais. São nelas que os investigadores encontram grande parte das mutretas feitas pelos políticos dos mais variados partidos. Em uma série de reportagens, o Correio mostrou algumas delas que pouco contribuem ao País e servem, quase que exclusivamente, para acomodar apadrinhados políticos e com um alto custo para a máquina pública. Até agora houve pouca mudança neste cenário.