Publicado 23 de Julho de 2016 - 5h30

Com o objetivo de voltar a colar no líder Palmeiras, o Corinthians recebe o Figueirense hoje, às 16h, em seu último jogo em casa antes do Itaquerão ser reservado para a disputa da Olimpíada do Rio. A partida, pela 16 rodada do Campeonato Brasileiro, também marcaria a reestreia de Alexandre Pato, mas a volta do atacante foi adiada.

Após o confronto contra os catarinenses, o Corinthians vai enfrentar Internacional e Atlético-PR, fora de casa. Depois terá pela frente o Cruzeiro no Pacaembu e visitará o Grêmio em Porto Alegre. A volta para casa só acontecerá no dia 20 de agosto contra o Vitória.

Até lá, espera-se, Alexandre Pato já esteja atuando pelo Corinthians. O técnico Cristóvão Borges disse na semana passada que contava com o atacante para o jogo de hoje, mas ontem surpreendeu e avisou que o próprio atleta não se sente seguro para voltar ao time ainda. "Pato está vendo a expectativa em torno dele e quer voltar bem", explicou o treinador.

Precavido, Cristóvão preferiu não projetar uma data para Alexandre Pato voltar ao time. Teoricamente, ele deve ter condições de ficar pelo menos no banco de reservas contra o Internacional, no domingo que vem. Entretanto, o nome do jogador voltou a ser comentado em outros clubes. O Corinthians nega que exista qualquer oferta pelo atacante.

Emprestado ao Chelsea no começo do ano, Alexandre Pato fez apenas dois jogos na temporada, nos dias 2 e 9 de abril, pelo Campeonato Inglês. Ele voltou a treinar no CT do Corinthians no começo de julho.

No ataque, Cristóvão já testou Luciano, escalou Danilo no clássico contra o São Paulo, no domingo passado, e agora dá uma oportunidade para André.

Alexandre Pato não joga, mas o Corinthians terá uma outra estreia. O lateral-direito Léo Príncipe, de 19 anos, joga pela primeira vez com o time profissional no lugar de Fagner, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. "Disse para ele ter tranquilidade e não querer entrar para ser o melhor da partida", resumiu Cristóvão Borges. A ideia é tentar tirar qualquer responsabilidade do garoto.

Com Léo Príncipe, o time quer aproveitar a fragilidade do adversário para colar no líder Palmeiras, que soma 32 pontos, três a mais que o Corinthians, e joga amanhã contra o Atlético Mineiro.

O aproveitamento do Corinthians na arena é bem positivo. Foram oito jogos, sendo seis vitórias e dois empates, com 16 gols marcados e apenas quatro sofridos. (Estadão Conteúdo)

CORINTHIANS

Cássio; Léo Príncipe, Yago, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto; Romero e André. Técnico: Cristóvão Borges.

A FRASE

“Espero que esse seja apenas o primeiro capítulo de uma trajetória bonita aqui.”