Publicado 20 de Julho de 2016 - 5h30

A partir das 17h de hoje, Campinas abre passagem para um momento histórico. Símbolo das Olimpíadas, a tocha percorrerá mais de 15km pelas principais avenidas e ruas da cidade, conduzida por 77 pessoas. O percurso começa na Estação Cultura e termina na Praça Arautos da Paz, às 20h.

Os campineiros poderão assistir à passagem da tocha olímpica pelas vias da cidade (ver infográfico ao lado) e também terão a oportunidade de acompanhar o encerramento do revezamento, quando haverá um show com a Família Lima na Praça Arautos da Paz.

A Prefeitura de Campinas teve direito a indicar seis pessoas para o percurso. As demais foram selecionadas e indicadas pelos patrocinadores do evento. Segundo a diretora de Turismo de Campinas, Alexandra Caprioli, a Administração Municipal priorizou os atletas que fizeram parte história esportiva da cidade nascidos no município.

“Temos uma lista repleta de grandes nomes que fizeram e ainda fazem parte da trajetória esportiva de Campinas. Então limitamos a escolha para atletas de diferentes esportes que receberam medalhas olímpicas e mundiais”, ressaltou.

Os seis indicados pelo município foram o ex-jogador de vôlei Maurício Lima, bicampeão olímpico, a campeã do salto com vara Fabiana Murer, o ex-tenista Ricardo Mello, a ex-atleta especialista no heptatlo Conceição Geremias, que participou de três Olimpíadas, a nadadora paralímpica Fabiana Sugimori e o ex-jogador de futebol João Paulo, medalha de prata na Olimpíada de 1988, em Seul.

Entre os esportistas ligados a Campinas que conduzirão a tocha indicados por patrocinadores do evento estão a campeã pan-americana Odette Domingues Valentino, o alpinista Rodrigo Raineri, a ex-jogadora de basquete Maria Helena Cardoso, que também foi técnica da seleção brasileira feminina na Olimpíada de Barcelona, e o nadador Daniel Dias, ganhador de 15 medalhas paralímpicas.

Fabiana Murer, porém, não poderá participar do revezamento, porque disputará no final de semana a etapa de Londres da Diamond League, seu último teste antes dos Jogos Olímpicos do Rio. Mas Fabiana indicou outro nome para representá-la no revezamento, o diretor-técnico Sergio Luís Coutinho Nogueira, padrinho da atleta no atletismo.

Para a ex-atleta de heptatlo Conceição Geremias, carregar a tocha será um momento único. “É mais uma conquista para mim, já que participei de três Olimpíadas. Agradeço pela indicação, e por fazer parte de mais uma história da cidade e do Brasil”, comemorou.

O alpinista Rodrigo Raineri, que já chegou ao cume do Monte Everest, disse ser uma honra participar desse evento. “Apesar da crise que enfrentamos, não podemos deixar que momentos ruins estraguem o brilho das coisas boas. E esta Olimpíada é uma coisa ótima. Temos que aproveitar tudo de bom que o esporte traz para a sociedade”, afirmou.

No início da cerimônia do revezamento da tocha olímpica, na Estação Cultura, haverá ainda uma homenagem para outros 150 atletas de Campinas, de diversos esportes, que receberão uma Medalha de Mérito Esportivo, pela dedicação e representatividade na história da cidade.

Áreas de estacionamento e vias terão bloqueios especiais

A passagem da tocha olímpica por Campinas, hoje, provocará interrupções no trânsito nas vias que receberão o revezamento (ver infográfico ao lado). Ao longo dos 15,4km do trajeto, também será proibido estacionar, mesmo nos locais permitidos e sinalizados. A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) fará a interdição das vias quinze minutos antes da passagem da tocha. Os trechos serão liberados 30 minutos depois da passagem do comboio olímpico. Amanhã, a tocha segue para Indaiatuba, Itu, Jundiaí e Osasco.