Publicado 08 de Julho de 2016 - 5h30

A direção do Santos confirmou ontem que selou a renovação do contrato do atacante Gabriel. Segundo comunicado da diretoria, resta apenas o documento ser redigido e assinado para oficializar o vínculo do jogador de 19 anos até a temporada de 2021 e, assim, esfriar o recente assédio do futebol europeu sobre o atleta.

"O departamento jurídico do Alvinegro está em fase de confecção de minuta contratual para que o camisa 10 tenha vínculo com o clube até 2021. O atual contrato é válido até 2019", informou o Santos.

Com isso, Gabriel adia o sonho de jogar na Europa. O atacante estava na mira de equipes inglesas, entre elas Arsenal e Chelsea. O jogador santista não esconde que a sua preferência é uma transferência para o Real Madrid, da Espanha, algo que não é uma realidade no momento.

Para ficar no Santos, Gabigol receberá um aumento salarial e terá algumas bonificações. No entanto, diferentemente do acordo com Neymar em 2010, o clube paulista não fez um projeto de carreira ao atleta e também não cederá porcentagens dos direitos de imagem ao jogador.

Gabriel chegou ao Santos anos nove anos de idade. A estreia profissional dele foi no dia 16 de janeiro de 2013, em amistoso contra o Barueri. Convocado para os Jogos Olímpicos do Rio, que serão em agosto, o atacante tem 153 jogos e 55 gols marcados pela equipe. (Estadão Conteúdo)