Publicado 25 de Julho de 2016 - 19h30

Por Paulo Santana

O carioca Cavaleiro deixou de marcar dois pênaltis e não validou um gol legítimo da Ponte no empate com o Inter

Ferj

O carioca Cavaleiro deixou de marcar dois pênaltis e não validou um gol legítimo da Ponte no empate com o Inter

O presidente da Ponte Preta, Vanderlei Pereira, conversou, nesta segunda-feira (25), com os presidentes da Federação Paulista, Reynaldo Carneiro de Bastos, e da CBF, Marco Polo Del Nero. Cobrou providências a respeito da polêmica arbitragem do carioca Leonardo Garcia Cavaleiro, que deixou de marcar dois pênaltis claros para a Macaca e não validou um gol legítimo do time.

Cavaleiro, que é administrador de empresas e faz parte do quadro da CBF desde 2003, já havia apitado um jogo da Ponte, sem problemas. Foi na vitória sobre o América-MG, por 2 a 1, no dia 2 de junho, em Belo Horizonte.

No ano passado, ele se envolveu em uma confusão de grande repercussão ao marcar três pênaltis a favor do Vasco diante do modesto Friburguense, pelo Campeonato Carioca. Mesmo assim, o clube, que se tornaria campeão estadual, acabou perdendo o jogo por 5 a 4. Como "punição" pelos erros que foram repercutidos e receberam críticas da imprensa e jogadores, Cavaleiro acabou sendo escalado para as semifinais do Estadual.

"Eles (Carneiro de Del Nero) entenderam a nossa queixa como legítima", disse Vanderlei Pereira, ressaltando que apresentou representação por escrito na entidade, pedindo para que o árbitro não seja mais escalado nos jogos da Ponte.

Segundo o dirigente, Del Nero afirmou que marcaria uma reunião com o departamento de arbitragem da CBF nesta segunda mesmo para apresentar as falhas. "Concordamos ao telefone que a atuação deixou claro que ele (juiz) não tem capacidade para atuar em uma partida de Série A. O presidente Del Nero disse que medidas serão tomadas", garantiu Vanderlei.

COPA DO BRASIL

O técnico Eduardo Baptista comanda na tarde desta terça-feira (26) o treino que define a equipe da Ponte para o jogo de quarta-feira (27), às 19h30, com o Figueirense, pela rodada de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Com pouco tempo para treinar, ele adiantou que escalará o time de acordo com a condição física de cada atleta. O atacante William Pottker pode ser a principal novidade, no lugar de Roger, que voltou a marcar gol no empate com o Internacional, por 2 a 2.

Os ingressos já estão à venda por preços promocionais. A entrada para arquibancada central ou na geral, que fica sobre o portão de acesso ao estádio, é vendida por R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Escrito por:

Paulo Santana