Publicado 20 de Julho de 2016 - 19h49

Por Estadão Conteúdo

Cleiton Xavier fez parte do elenco do Palmeiras no Brasileirão de 2009

Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Cleiton Xavier fez parte do elenco do Palmeiras no Brasileirão de 2009

O meia Cleiton Xavier sabe bem como é ver o Palmeiras no topo da tabela de classificação, falando em título e acabar sem nada na mão. Ele fazia parte do time que, em 2009, chegou a liderar por 17 rodadas do Campeonato Brasileiro, mas, na reta final, perdeu fôlego e acabou ficando fora até do G4. Para não passar por tudo aquilo novamente, o jogador quer evitar euforia na equipe.

"Sabemos que o campeonato não se define agora, mas só em dezembro, na última rodada. Eu participei daquele ano e tiro como lição. Tento passar e conversar com alguns jogadores, o quanto é importantíssimo manter a concentração até o final", explicou.

Muitos torcedores o criticavam e diziam que ele havia voltado para o Palmeiras para "enganar". O tempo passou, as lesões foram embora e Cleiton Xavier consegue, enfim, render aquilo que todos esperam em seu retorno. O jogador, que participou de 12 das 15 partidas do time no Brasileirão, acredita estar vivendo o melhor momento da carreira.

"Desde que voltei, estou em meu melhor momento, fisicamente e tecnicamente. Venho ajudando bastante e essa sequência que estou tendo está me dando um parâmetro legal", disse o meia, que destaca a concorrência por uma posição entre os titulares. "O (técnico) Cuca tem usado bem o elenco e nosso grupo é bom, pois pode ter um elemento surpresa. Teve eu e o Dudu e ele (Cuca) e temos de respeitar e dar força para quem vai entrar", completou, lembrando que os dois atletas ficaram no banco de reservas recentemente.

O meia lembra que sofreu durante o período em que não podia jogar por causa de lesão. "Um dos motivos da minha tristeza era não poder jogar e ajudar o time. Quis voltar porque gosto do Palmeiras e sei do carinho que todos têm por mim aqui", contou o jogador, que deverá ser titular diante do Atlético Mineiro, neste domingo (24), às 11 horas, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, pela 16.ª rodada.

Escrito por:

Estadão Conteúdo