Publicado 19 de Julho de 2016 - 21h53

Por Delma Medeiros

Integrantes do trio Choro em Cantado: Carlo Bardu Adriel Job e Gustavo Medeiros

DIVULGAÇÃO

Integrantes do trio Choro em Cantado: Carlo Bardu Adriel Job e Gustavo Medeiros

O trio Choro em Cantado é a atração desta quinta-feira (21) no Bar Pessoa. Inovando no resgate de choros tradicionais com uma formação inusitada — vibrafone, violão de 7 cordas e pandeiro —, o grupo apresenta composições cantadas e instrumentais.

“Essa formação é algo novo no gênero. A ideia é retomar a tradição de Ademilde Fonseca, a maior intérprete de choro cantado, que morreu em 2012 sem deixar herdeiros de seu estilo tão peculiar, conta Carlo Bardu, um dos integrantes do trio ao lado de Adriel Job e Gustavo de Medeiros.

No repertório, músicas de Pixinguinha, Chiquinha Gonzaga, Ernesto Nazareth, Jacob do Bandolim, Paulinho da Viola, entre outros. Com arranjos próprios, as composições são executadas em releituras singulares.

O trio também acrescenta arranjos vocais nas canções, com letras de autores como Vinícius de Moraes, Catulo da Paixão Cearense e João de Barro. Bardu e Medeiros se formaram em música na Unicamp e Job no Conservatório de Tatuí. Os três se uniram para criar o Choro em Cantado.

Serviço

O quê: show Trio em Cantado

Quando: nesta quinta-feira (21), às 20h

Onde: Bar Pessoa, no Hotel The Royal Palm Plaza (Av. Royal Palm Plaza, 277, Jardim Nova Califórnia, fone: 2117-8094)

Quanto: entrada franca, inclusive para não hóspedes.

Escrito por:

Delma Medeiros