Publicado 18 de Julho de 2016 - 23h22

Por Milene Moreto

Os integrantes do DEM em Campinas estão felizes da vida com a condução de Rodrigo Maia para a presidência da Câmara. Isso porque eles já enxergam um fortalecimento da legenda por causa do novo cargo do amigo democrata. Muitos acreditam que a sigla agora terá a capacidade de fazer frente às legendas que dominam a política brasileira e atrair nomes cada vez mais interessantes para seus quadros. É um cenário complexo. O momento político não é dos melhores em Brasília e Maia será testado.

Local

Único vereador dos democratas em Campinas, Campos Filho está otimista com o crescimento do DEM, além de confiar que o partido já pode colher frutos na eleição municipal. Ele quer que Maia venha até a convenção da sigla. O convite foi feito, mas como a situação ainda é complexa na Câmara dos Deputados, não há a confirmação. Quem confirmou presença na reunião dos democratas foi Rodrigo Garcia, secretário de Habitação do Estado.

FRASE

"Maia é um deputado que tem qualificação pessoal e condições de promover o reencontro que nós precisamos fazer da Câmara para com a sociedade brasileira". -

Do deputado federal Carlos Sampaio (PSDB), sobre a vitória de Rodrigo Maia (DEM) para a presidência da Câmara

Só alegria

Quem também anda feliz da vida com Maia é o PSDB, que trabalhou por sua candidatura e agora espera colher bons frutos. E eles não querem que demore muito não. O novo presidente da Câmara já esteve com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) com bloquinho nas mãos para anotar todas as demandas do tucano. Falaram sobre a dívida dos estados, precatórios e pré-sal. Tudo tem seu preço na política.

Não gostou

O PT de Paulínia decidiu que não terá candidatura própria a prefeito nas eleições deste ano e vai apoiar a pré-candidatura de Adilson Palito (SD). A decisão ainda será homologada pela convenção do partido. Quem não ficou muito satisfeito com os rumos da sigla foi o vereador Custódio Campos (PT), que havia demonstrado o interesse em participar da disputa. “Infelizmente, a meu ver, o partido decidiu apoiar outra candidatura a prefeito”, disse Custódio, nas redes sociais.

Inimigo

Alguns filiados do PT de Paulínia ficaram insatisfeitos com a aliança. Isso porque o Solidariedade foi uma das siglas que apoiaram o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). O partido tem como líder o deputado federal Paulinho da Força, tradicional inimigo petista e um dos principais articuladores do afastamento de Dilma. Para alguns, a decisão não foi coerente.

Reformas

A Câmara de Campinas aproveita o período de recesso das sessões para fazer pequenas obras no plenário, como a troca do revestimento acústico e ajustes no cabeamento e nobreak. No entanto, a reforma geral do prédio do Legislativo prometida para este mês e que incluem a biblioteca e o plenário, ainda não começou. Há anos o plenário da Câmara sofre com goteiras no telhado e rachaduras na parede.

Convenções

Sobre as convenções em Campinas que começam a partir desta terça-feira (19), duas correções: o DEM fará o encontro no dia 27, no plenário e a do PSDB ocorre dia 24, na sede do partido.

Orçamento

A Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão realizou ontem, em Campinas, audiência pública para discutir o orçamento para o ano que vem. O evento abriu espaço para a população propor ações e opinar sobre programas, distribuição e realocação de investimentos. As audiências públicas acontecem em todas as regiões do Estado. As sugestões serão encaminhadas para análise das secretarias e depois seguem para apreciação na Assembleia Legislativa. O orçamento estadual para 2017 foi estimado em aproximadamente R$ 207 bilhões.

COLABOROU BRUNO BACCHETTI/AAN

Escrito por:

Milene Moreto