Publicado 24 de Julho de 2016 - 21h51

Por Agência Anhanguera de Notícias

Um bandido é suspeito de ter matado o próprio colega de ação criminosa no começo da madrugada de sábado, em Sumaré. De acordo com o boletim de ocorrência, dois rapazes em uma motocicleta Honda XRE, de cor branca, abordaram três rapazes que saíam de uma adega na Avenida Elza Zagui Menuzzo, no Jardim Maria Luíza, e um deles desceu, com o capacete na cabeça, apontando uma arma de fogo para o trio exigindo bolsas e as carteiras. A motocicleta foi deixada a poucos metros do local do assalto.

Após pegarem os pertences das vítimas, os dois bandidos saíram correndo em direção ao veículo e, segundo as vítimas, um barulho de um estampido foi ouvido. Todos ficaram com medo, mas depois perceberam que um dos criminosos havia sido atingido e continuava correndo. Em dado momento, o assaltante caiu na calçada, ao lado da moto e não se levantou mais. O outro comparsa havia desaparecido.

Os três homens, de 35, 29 e 27 anos, ligaram para a Polícia Militar e comunicaram o ocorrido. Além da polícia, uma viatura do serviço de socorro municipal foi para o local e encontrou Johnny Barbosa Fonseca, 23, morto no local com um tiro na cabeça. Junto ao corpo do criminoso, a Polícia Militar recuperou os pertences roubados dos rapazes como carteiras, celulares e cartões de crédito. A PM também apurou que a placa da moto usada pelos bandidos era roubada e pertencia a uma moto Honda CG. 

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias