Publicado 20 de Julho de 2016 - 12h54

Por Moara Semeghini

O campineiro que esperou que a temperatura aumentasse gradualmente se surpreendeu com a permanência do frio

Na imagem: Frio em Campinas.

Foto: Dominique Troquato aan

Dominique Torquato/ AAN

O campineiro que esperou que a temperatura aumentasse gradualmente se surpreendeu com a permanência do frio Na imagem: Frio em Campinas. Foto: Dominique Troquato aan

A frente fria que chegou a Campinas no fim de semana e derrubou as temperaturas ganhou reforço com a entrada de uma nova massa de ar fria e úmida, vinda do Sul do País. A quarta-feira (20) amanheceu nublada e fria. Às 7h os termômetros marcavam 7,4ºC na cidade e a sensação térmica era de 3,9ºC, segundo medição feita na estação do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri).

O campineiro que esperou que a temperatura aumentasse gradualmente – conforme os dados informados na previsão inicial – se surpreendeu com a permanência do frio. A temperatura máxima para esta quarta-feira deve chegar aos 20ºC e a mínima será de 8ºC na próxima madrugada, segundo o Cepagri.

O sol aparece com uma ligeira variação de nuvens na região e não há previsão de chuva para os próximos sete dias. A umidade do ar, que estava por volta de 30% nos últimos dias, subiu para 51,3%, mas pode cair novamente, podendo entrar em estado de atenção nos próximos dias.

A previsão para a quinta-feira (21) é de mínima de 8ºC e máxima de 21ºC. O frio deve começar a diminuir no sábado.

Escrito por:

Moara Semeghini