Publicado 19 de Julho de 2016 - 12h27

Por Moara Semeghini/ AAN

A modelo Aline Godoi Furlan, de 28 anos, de Santa Bárbara d'Oeste, está desaparecida desde a madrugada da última sexta-feira (14)

Reprodução/ Facebook

A modelo Aline Godoi Furlan, de 28 anos, de Santa Bárbara d'Oeste, está desaparecida desde a madrugada da última sexta-feira (14)

A modelo Aline Godoi Furlan, de 28 anos, de Santa Bárbara d’Oeste, está desaparecida desde a madrugada da última sexta-feira. Ela foi vista pela última vez no bar Caçacharia Água Doce, no bairro Vila Rezende, em Piracicaba. A família registrou Boletim de Ocorrência no plantão policial de Santa Bárbara no domingo, mas o caso será conduzido pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Piracicaba.

A amiga da modelo, Kamila Hanks, de 26 anos, disse em uma postagem no Facebook que Aline saiu de casa na quinta-feira (13) para ir até Piracicaba. Ela conta que Aline usava um vestido preto. O carro em que ela estava, um Corolla prata com placa EBQ 6627, de Santa Bárbara d’Oeste, também está desaparecido. Kamila pede para que as pessoas ajudem a compartilhar a mensagem na rede social sobre o desaparecimento e ajudem na busca por informações sobre Aline.

À reportagem do Correio, Kamila contou que Aline chegou em Piracicaba, parou em um restaurante para jantar e depois foi até o bar se encontrar com amigos. Ela disse ter conversado com um rapaz que teria oferecido ajuda à modelo, dentro do estabelecimento, após perceber que ela teria consumido uma grande quantidade de bebida alcoólica. “O rapaz me contou que ela mal conseguia falar ao telefone. Quando ela bebe realmente fica alterada”, afirmou Kamila.

A amiga disse também que o rapaz teria ouvido uma discussão por telefone entre Aline e o ex-namorado, que mora em Piracicaba, e que a modelo estaria chorando muito. “Eles falavam pelo telefone e acabavam brigando porque ela tinha ciúmes dele e ele dela. Briguinha besta”, afirmou. Segundo Kamila, o rapaz que teria conversado com a modelo pouco antes dela desaparecer teria se prontificado a prestar depoimento como testemunha.

Amigos em comum disseram que Aline teria ido embora sozinha do bar, em seu carro, e não foi mais vista. Ainda de acordo com Kamila, um conhecido teria conseguido a informação de que um carro igual ao de Aline e com a mesma placa teria sido multado em Mogi das Cruzes após o sumiço da modelo.

Em uma nova publicação nas redes sociais, Kamila esclarece que a modelo ainda não foi localizada, que não foi encontrado nenhum corpo que poderia ser da modelo no Instituto Médico Legal (IML) ou em hospitais. Informou também que a polícia busca imagens de câmeras de segurança que possam levar a Aline.

O delegado da DIG de Piracicaba e responsável pelo caso, Fernando Marcos Dutra, disse que não divulgará informações sobre o desaparecimento da modelo até que as investigações sejam concluídas. Quem tiver informações pode procurar a página de Kamila Hanks no Facebook ou acionar a DIG de Piracicaba.

 

Escrito por:

Moara Semeghini/ AAN