Publicado 12 de Julho de 2016 - 22h07

Por Adriana Leite

Piloto em simulador da Azul: companhia brasileira terá o primeiro e único centro de treinamento aprovado pela Airbus na América do Sul

Divulgação

Piloto em simulador da Azul: companhia brasileira terá o primeiro e único centro de treinamento aprovado pela Airbus na América do Sul

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras e a fabricante francesa Airbus vão investir US$ 15 milhões na implantação de um simulador do avião A320neo na UniAzul, a universidade corporativa da companhia instalada ao lado do Aeroporto Internacional de Viracopos.

O acordo foi divulgado nesta terça. A parceria, formatada como uma joint-venture, prevê que o simulador será administrado pela Airbus e utilizado para os treinamentos dos pilotos da Azul. De acordo com a aérea, a UniAzul será o primeiro e único centro de treinamento aprovado pela Airbus na América do Sul.

O acordo firmado com a Airbus estabelece 12 anos de serviços de treinamento, que deverão ser iniciados até o fim deste ano. A previsão é que no período sejam realizadas mais de 70 mil horas de treinamentos. A companhia aérea também terá o suporte da fabricante no fornecimento de serviços de reparação e substituição de componentes para manutenção de toda a frota de aeronaves da empresa francesa. As peças ficarão nas principais bases de atuação da aérea brasileira.

Pelo acordo, o tempo que sobrar no simulador será comercializados pela Airbus junto a outras empresas aéreas, e a Azul deverá ficar com uma pequena parcela dessa receita.

O presidente da Azul, Antonoaldo Neves, ressaltou essa receita não é o alvo da parceria, e sim a oportunidade de dar mais dinamismo aos treinamentos dos tripulantes e na manutenção das aeronaves. “Não estamos fazendo esse acordo para ganhar dinheiro. Mas essa parceria permitirá à Azul implantar o maior centro de treinamento de tripulações da América Latina”, comentou.

Neves estimou que, inicialmente, a demanda da Azul será elevada e todas as horas de treinamento no simulador serão utilizadas pelas tripulações da companhia. Ele destacou que a UniAzul já é equipada hoje com quatro simuladores, sendo dois Embraer e dois ATR. “Seremos a primeira organização de treinamento aprovada da Airbus em toda a América do Sul” , ressaltou.

Ele disse que os investimentos na implantação do simulador serão compartilhados pelas duas empresas. O valor de lista do simulador é US$ 15 milhões. “As obras civis devem começar entre 15 a 20 dias. A montagem do simulador deve ir até novembro. Depois ainda é necessário obter a certificação da Anac (Agência Nacional de Aviação)”, explicou.

Em nota, a Airbus informou que a Azul escolheu os serviços para o fornecimento de suporte do tipo Flight Hour Services (FHS), com prazo de 12 anos e que prevê uma ampla linha de “Line Replaceable Units” (unidades de substituição de linha) do A320. A empresa informou ainda que a Azul vai contar com o fornecimento de treinamento em simulador de voo e cursos voltados para a família A320.

Frota

A partir do segundo semestre deste ano, a Azul passa a voar com os seis primeiros A320neo. Os aviões vão atender 14 destinos no Brasil, incluindo Campinas. A empresa tem uma encomenda de mais 63 aeronaves da família A320neo, que entrarão gradativamente na frota até 2023.

De acordo com a Azul, desse total, 28 aviões serão arrendados e outros 35 serão serão dela.

Escrito por:

Adriana Leite