Publicado 24 de Julho de 2016 - 13h30

Por Manuel

Barriga de porco ao limoncello

Manuel

Barriga de porco ao limoncello

 

O churrasco com os amigos, ontem, teve picanha, asinha de frango, linguiça toscana, linguiça cuiabana, queijo de coalho e... barriga de porco! Fiz esta iguaria que conquistou a todos. Esta parte do porco é a prova material de que não existe carne de primeira e nem de segunda. Desde que devidamente preparados, cortes “menos nobres” podem assumir o protagonismo na mesa.

A receita que fiz é bem fácil de ser preparada, mas exige a disponibilidade de alguns ingredientes. A primeira providência é comprar uma peça de barriga de porco de cerca de 1,5 quilo, que apresente uma camada de carne maior que a de gordura. O passo seguinte é fazer cortes em losango no couro, para permitir que os temperos penetrem melhor na carne.

A ideia é fazer, inicialmente, uma cura leve barriga. Eu fiz isso com uma mistura de sal grosso, açúcar mascavo, alho em pó, cebola em pó, pimenta-do-reino, páprica doce, cominho e grãos de mostarda. Basta massagear os ingredientes com carinho por todo o corte e deixar que ele descanse por pelo menos duas horas na geladeira.

Em seguida, transfira a barriga para uma longa folha de papel alumínio e deite uma dose generosa de limoncello e some alguns ramos de tomilho fresco. Feche o papel alumínio (dê ao menos três voltas) e deixe na parte superior da churrasqueira por três horas. Vire o pacote ao menos uma vez,

Por fim, tire a barriga do papel alumínio e coloque a peça com o couro virado para baixo, para que ele fique crocante. Pronto, basta servir. O interessante é que a carne ficará extremamente macia, saborosa, nada engordurada e com a pele que faz croc, croc na boca. Se for fazer no forno, asse por 3 horas a 160 graus. Depois, retire o papel alumínio e eleve a temperatura para 220 graus, para que o couro fique crocante. No mais, seja absolutamente feliz.

Escrito por:

Manuel