Publicado 22 de Julho de 2016 - 23h34

Por Agência Anhanguera de Notícias

Alexandre Lapenna de Oliveira, da Ortopedia Fubelle, recebeu Cíntia Silvia Gomes para uma avaliação, na clínica que fica no Rua Conceição, a clínica irá doar equipamento para catadora
FOTO: Carlos Sousa Ramos //AAN .

Carlos Sousa Ramos/AAN

Alexandre Lapenna de Oliveira, da Ortopedia Fubelle, recebeu Cíntia Silvia Gomes para uma avaliação, na clínica que fica no Rua Conceição, a clínica irá doar equipamento para catadora FOTO: Carlos Sousa Ramos //AAN .

A catadora de recicláveis Cíntia Silva Gomes, 22 anos, foi nesta sexta-feira à clínica Fübelle, no Centro de Campinas, para retirar as medidas para receber uma prótese novinha para a perna esquerda, decepada por um trem quando tinha 9 anos.

O proprietário da clínica, Walter Mathias de Oliveira, disse que logo que viu a reportagem publicada pelo JÁ anteontem decidiu doar a prótese para Cíntia. “Fiquei muito sensibilizado de vê-la querendo carregar o filho no colo e ajudar a mãe. Estamos fazendo de coração”, falou. Os componentes da prótese virão da Islândia, onde está a segunda maior empresa de componentes ortopédicos do mundo. A prótese deve ficar pronta em 2 ou 3 meses. O valor não foi divulgado pela clínica.

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias