Publicado 19 de Julho de 2016 - 21h25

Por Agência Anhanguera de Notícias

Aedes transgênicos na palma da mão do secretário da Saúde, durante a soltura na manhã desta terça

Christiano Diehl Neto

Aedes transgênicos na palma da mão do secretário da Saúde, durante a soltura na manhã desta terça

Após redução no número de casos de dengue um bairro com 5 mil habitantes, a região central de Piracicaba passou a receber nesta terça (20) a soltura do mosquito transgênico, conhecidos como “Aedes aegypti do bem.

Onze bairros receberão os mosquitos modificados para combater o transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya. A expansão levará dois anos e contará com investimento de R$ 3,5 milhões. Além da expansão para a região central, a Oxitec do Brasil, dona da tecnologia, irá prorrogar por mais um ano o projeto realizado desde abril de 2015 no bairro Cecap/Eldorado, onde o mosquito do bem conseguiu uma redução de 91% nos casos de dengue.

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias