Publicado 12 de Novembro de 2015 - 14h20

Para atender à demanda de Verão, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras ofertará cerca de 1 mil voos extras entre dezembro e fevereiro a partir dos aeroportos de Viracopos, Guarulhos e Congonhas, em São Paulo. As operações complementares envolverão 15 destinos nacionais, sobretudo nordestinos, a partir dos terminais paulistas – alguns são novos mercados temporários, como os voos de Guarulhos para Maceió, Natal, Caldas Novas e Florianópolis, assim como a ligação entre Congonhas e Salvador. A oferta internacional também será ampliada com frequências extras a partir de Viracopos: na alta temporada, a Azul terá dois voos diários com destino a Fort Lauderdale/Miami e Orlando.

Além destas cidades, os demais destinos servidos pela Azul com voos extras a partir de São Paulo serão: Porto Seguro, Recife, Teresina, Aracaju, Ilhéus, Bonito, Navegantes, Petrolina, Foz do Iguaçu e Belo Horizonte (Confins). A maioria das operações já tem aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Outras operações pontuais ocorrerão no Natal e Revéillon a partir dos terminais paulistas.

“Nosso amplo estudo da malha aérea para o verão permitirá à Azul ajustes de malha para oferecer as melhores opções de voos aos Clientes que buscam aproveitar a alta temporada em qualquer região do país e no exterior. Teremos rotas temporárias sazonais para a companhia, o que garantirá ainda mais comodidade a quem embarca em nossas aeronaves. Além disso, estimularemos o turismo em regiões que dependem bastante deste setor para movimentar a economia”, afirma Marcelo Bento, diretor de Planejamento e Alianças da Azul.

No aeroporto de Viracopos, em Campinas, o maior hub da Azul, os clientes poderão conectar-se a Fort Lauderdale/Miami e Orlando, nos Estados Unidos, assim como para quase 60 destinos domésticos. Já no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, os viajantes poderão chegar a Orlando – a primeira operação internacional da Azul na capital estreia em 16 de novembro. Em âmbito nacional, a companhia tem voos para mais de 40 cidades a partir do terminal mineiro.

Os voos extras domésticos serão operados pelos jatos Embraer 190 e 195, assim como pelos turboélices ATR 72-600 e o Airbus A330.

Airbus A330 em operações domésticas – Em janeiro, os jatos A330 da Azul serão utilizados para operações de Campinas para Recife, Natal e Fortaleza. As aeronaves contam com 272 assentos e poderão levar ainda mais Clientes a três das principais capitais nordestinas.

Abrangência nacional – Ao todo, mais de 4,5 mil operações complementares ligarão todas as regiões do país na alta temporada. A partir de Florianópolis, por exemplo, a Azul operará voos inéditos na história da aviação, com partidas para Passo Fundo, Maringá, Londrina e Foz do Iguaçu. Além disso, os seguintes novos mercados temporários da companhia estarão disponíveis: Londrina-Foz do Iguaçu, Belo Horizonte (Confins)-João Pessoa, Salvador-Natal, Salvador-Aracaju e Rio de Janeiro (Santos Dumont)-Salvador.

As frequências adicionais envolverão as seguintes cidades: São Paulo (Congonhas, Viracopos e Guarulhos), Salvador, Florianópolis, Caldas Novas, Natal, Maceió, Porto Seguro, Recife, Navegantes, Ilhéus, Bonito, Fortaleza, Aracaju, Teresina, Petrolina, Foz do Iguaçu, Belo Horizonte (Confins), João Pessoa, Vitória, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Cabo Frio, Manaus, Santarém, Tabatinga, Altamira, Belém, Parnaíba, Maringá, Londrina, Passo Fundo, Porto Alegre, Curitiba, Punta del Este (Uruguai) e Caiena (Guiana Francesa).

Voos internacionais – Os voos extras para Fort Lauderdale/Miami e Orlando serão operados com os jatos Airbus A330 completamente novos. Com a ampla conectividade da Azul em Viracopos, Clientes de todo o país poderão desembarcar nos Estados Unidos para as férias.