Publicado 13 de Novembro de 2015 - 17h23

Por Alenita de Jesus

Sumaré

Um repositor de 19 anos e um ajudante geral de 34 anos foram presos após roubarem uma farmacêutica e serem perseguidos por uma testemunha, anteontem à noite, na região da área Cura, em Sumaré. Na fuga, os ladrões descobriram que eram perseguidos, pararam o carro e atiraram conta o veículo da testemunha, que não foi ferida. A dupla estava na companhia de uma adolescente de 14 anos, que foi liberada para os responsáveis.

O roubo foi por volta das 18h a uma farmácia no Jardim Bom Retiro. A vítima foi atacada por dois homens, sendo que um deles estava armado. A garota dava cobertura do lado de fora, perto de um Palio, que eles usaram na ação. Os criminosos pegaram dois celulares e fugiram.

Um advogado de 33 anos que estava pelo local viu a ação e seguiu os bandidos com o seu carro, um Jetta. No caminho, ele passou as informações para a Polícia Militar. No trajeto, já no acesso do bairro do Matão, os bandidos perceberam que eram seguidos pelo advogado e deram três tiros contra o carro da vítima. Os tiros acertaram a lateral e o retrovisor do veículo. O advogado parou e os bandidos seguiram até a Avenida Minasa, onde o carro deles quebrou e a PM conseguiu detê-los.

Escrito por:

Alenita de Jesus