Publicado 09 de Novembro de 2015 - 18h23

Por Paulo César Dutra Santana

Paulo Santana

Da Agência Anhanguera

[email protected]

A derrota para o Internacional, por 1 a 0, sábado, em Porto Alegre, reduziu de 12% para 3% as chances da Ponte Preta conquistar a inédita vaga na Copa Libertadores. Com 50 pontos, a Macaca foi superada pelo Sport na tabela de classificação (está em 8º lugar) e ficou a quatro pontos do G4. De acordo com o matemático Tristão Garcia, do site www.infobola.com.br, o time campineiro precisa vencer todos os quatro jogos que restam para figurar na principal competição da América na próxima temporada.

O Colorado, que derrotou a Ponte no confronto de “seis pontos” e se manteve na 6ª posição, agora tem 21% de chances. O São Paulo, que foi derrotado pelo Cruzeiro, mas é o 5º, está com 22%. O Santos, que segue em 4º, tem 48% de possibilidade de carimbar seu passaporte. O Sport, que voltou para a briga, é o 7º com tem 7% de chances.

Há, ainda, a possibilidade de haver um G5. Para isso, o Santos, que disputa a final da Copa do Brasil com o Palmeiras, teria quer ser campeão e finalizar o Brasileirão entre os quatro primeiros colocações.

De qualquer forma, a Macaca não pode pensar em outro resultado que não seja a vitória contra Figueirense, em casa, Flamengo (fora), Avaí (fora) e Sport (casa). “Com 62 pontos, a garantia de vaga é certo. Se chegar a 61, dá até para apostar também. Até com 60 dá para ter chance de classificação e abaixo disso já fica difícil”, detalha Tristão.

Com a experiência de quem faz projeções sobre o Campeonato Brasileiro e outras competições desde 1999, o gaúcho assegura que é permitido continuar sonhando. “Nada está perdido, mas o fato é que será preciso ter um aproveitamento de campeão para se garantir”, reforça o especialista.

Para ele, Corinthians e Atlético-MG já estão garantidos. O Grêmio, 3º colocado, tem 96% de chances. Com possibilidades remotas e abaixo de 1%, estão o Palmeiras, Cruzeiro e Flamengo.

O atacante Alexandro reconhece que a situação se complicou um pouco depois da derrota no Sul. Mesmo assim, garante que ninguém jogou a toalha. “Pela campanha que vem fazendo, a Ponte Preta está de parabéns. Vamos em busca de entrar no G4 porque ainda não tem nada perdido”, disse. “Só tenho a agradecer a todos os jogadores e comissão técnica pelo excelente trabalho que estamos fazendo”, completou.

O time ganhou três dias de folga e só retorna amanhã aos treinamentos. O lateral-esquerdo Gilson, suspenso pelo terceiro amarelo, é o único desfalque certo. O lateral-direito Rodinei está liberado depois da suspensão e o volante Josimar poderá jogar normalmente.

Escrito por:

Paulo César Dutra Santana