Publicado 12 de Novembro de 2015 - 5h00

Por Flávio Ricco


Nesta altura dos acontecimentos, com absoluta segurança, já é possível passar que a Record está muito próxima de anunciar a contratação de Fábio Porchat. Os entendimentos, e os de boa memória hão de lembrar, começaram no início deste ano e foram evoluindo ao longo do tempo até chegar ao estágio atual.

O que agora se tem, também como certeza, é que já foi tudo conversado e combinado, restando apenas a assinatura do contrato. Ou o anúncio desta assinatura. Enquanto alguns garantem que ela já aconteceu, outros garantem que vai demorar mais uns 10 ou 12 dias.

Assim como foi no caso da Xuxa, este acerto com Fábio Porchat é visto pela direção da Record como um acontecimento que irá mexer com todo o mercado.

A ideia, de acordo com o que foi conversado, é que ele passe a apresentar um talk show semanal, a partir da segunda metade de 2016.

Consultada, a Record informa que não tem nada a comentar sobre este assunto. Fábio Porchat, por sua vez, não respondeu consultas da coluna.

E a GfK?

Desde a oficializada saída do diretor-geral Ricardo Monteiro, nada mais de novo foi anunciado com relação à GfK. Pelo menos nesses últimos dias.

Está tudo muito estranho ou não está?

Fogo no palheiro

O que se verifica, em todo o mercado, é um sentimento de frustração, principalmente por parte daqueles que tinham uma expectativa direta na chegada deste novo instituto de medição de audiência.

Setores do SBT, Record e Rede TV!, aliados da empresa alemã neste empreendimento, embora não admitam publicamente, são os mais decepcionados.

Duas coisas

Se o serviço do Ibope é auditado e legitimado regularmente pela mesma empresa que passou a prestar serviços para a GfK, a Ernst & Young - paga pela ABAP – Redes (Associação Brasileira de Agências de Publicidade e Rede de TV), qual a grande dúvida que pode existir?

Verdade é que SBT, Record e Rede TV!, principalmente no caso de duas delas, se meteram a gastar um dinheiro que não têm. E com o dólar na altura que está é de se imaginar a dimensão das dificuldades.

É o tal negócio...

Que aqui já foi colocado zilhões de vezes: o melhor que tinham a fazer as emissoras envolvidas era, em vez de gastar uma fortuna em pesquisas, investir na produção.

O que leva alguém, de bom juízo, usar dois termômetros para medir a mesma febre?

Caso de hoje

Cabe bem a pergunta: tem a Record algum questionamento sobre a audiência apurada pelo Ibope para o capítulo de “Os Dez Mandamentos” na terça-feira? Não ouvi nenhum.

Reclamar quando perde é como responsabilizar o juiz pela derrota do seu time no campo de jogo. O que mais acontece. Quando ganha, não fala nada.

Agora tem uma coisa

Foi tudo muito bom, tudo muito bem, e sem desmerecer: a Record nunca registrou uma audiência tão alta, mas se juntar os closes de susto de todos os artistas deu uns 20 ou 22 minutos de arte no capítulo de terça. Coisa de novela gravada em cima do laço para encher linguiça.

E o curioso é que com aquele aguaceiro todo não caiu uma gotinha d´água na cabeça de nenhum ator. Ninguém se molhou. Nem o Moisés, o da Bíblia, chegou a tanto.

Questão de justiça - 1

Sem querer desmerecer a hollywoodiana Stargate, responsável por apenas dois efeitos de “Os Dez Mandamentos” - chuva de meteoros e abertura do Mar Vermelho, é preciso reconhecer também o trabalho da equipe de efeitos do RecNov.

Foi esse pessoal que verdadeiramente carregou o piano.

Questão de justiça - 2

Todas as pragas e outros efeitos apresentados ao longo da novela foram produzidas pelo pessoal da própria Record.

Que além disso ainda teve que corrigir muita coisa feita lá fora. Dar todo crédito à Stargate não é legal. E nem justo.

Estão dentro...

Dira Paes, antes dúvida, está confirmada no elenco de “Velho Chico”, a substituta de “A Regra do Jogo” na Globo.

Vai no papel de uma professora, personagem característico do Benedito Ruy Barbosa em suas novelas. Tarcísio Meira é outro grande nome garantido na trama, como um coronel, em participação especial.

... E estão fora

Patrícia Pillar e Fernanda Montenegro, cotadas para esta mesma novela do Benedito, já sinalizaram para o diretor Luiz Fernando Carvalho que vão optar por permanecer em férias da televisão.

Patrícia acabou de gravar a série “Ligações Perigosas” e Fernanda, depois de “Babilônia”, segundo pessoas próximas, quer distância do vídeo.

Futebol

O narrador Galvão Bueno, da Globo, decora texto de chamada especial para o jogo Brasil e Argentina que acontece, hoje, quinta, depois de “A Regra do Jogo”.

Bate – Rebate

· Walther Negrão entregou ontem na Globo a sinopse da sua próxima novela das 18 horas...

· ... Neste trabalho, ele irá contar com a colaboração de Júlio Fischer...

· ... E possivelmente Suzana Pires, hoje no elenco de “A Regra do Jogo”.

· Não há, na Record, condições de afirmar que “Os Dez Mandamentos”, na terça-feira, foi a sua maior audiência ou não...

· ... E não há porque, tendo como base o Rio de Janeiro, a emissora não possui dados anteriores há 15 anos...

· ... De acordo com o consolidado, a novela atingiu média de 32 pontos, pico de 36 e share de 47%...

· ... A última neste período todo foi “Vidas Opostas”, exibida em 2006, mas que segundo apontamentos da Record registrou média de 29...

· ... Portanto, ainda inferior ao que foi registrado pela novela de agora. Fica devendo de 2000 para trás.

C´est fini

De acordo com informações da Globo, a volta de Christiane Pelajo ao “Jornal da Globo” está prevista para acontecer entre os dias 23 e 30 deste mês. Apenas lembrando que este retorno será como repórter de uma série especial sobre mercado imobiliário.

Ao mesmo tempo irá marcar a sua despedida do jornal. Depois, espaço para o anunciado “novo projeto”, que, tudo indica, ficará para 2016.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Escrito por:

Flávio Ricco