Publicado 15 de Novembro de 2015 - 19h58

Por Agência Estado

A 20ª Parada do Orgulho LGBT, que reuniu milhares de pessoas neste domingo, 15, na praia de Copacabana, na zona sul do Rio, voltou a ser marcada pela ação de ladrões. Como ocorreu no ano passado, os criminosos se aproveitaram da grande aglomeração de pessoas para cometer furtos de bolsas e pequenos objetos de valor, como relógios e celulares.

A reportagem registrou um desses momentos, quando um homem, aparentando cerca de 20 anos, furtou o cordão de um dos participantes do evento e tentou fugir. Ágil, ele correu pela areia e depois pela rua, perseguido por policiais militares e populares. Tirou a camisa para mudar de aparência, pulou grades e até escalou um automóvel. Acabou detido.

Durante o evento, uma enorme bandeira colorida - símbolo do movimento - foi estendida na Avenida Atlântica. Cinco trios elétricos passaram pelo local.

Escrito por:

Agência Estado