Publicado 14 de Novembro de 2015 - 16h52

(Da esquerda para a direita) O vocalista da U2 Bono, o guitarrista The Edge, o baterista Larry Mullen Jr e o baixista Adam Clayton prestam homenagem às vítimas dos ataques perto da sala de concertos Bataclan, em Paris

France Press

(Da esquerda para a direita) O vocalista da U2 Bono, o guitarrista The Edge, o baterista Larry Mullen Jr e o baixista Adam Clayton prestam homenagem às vítimas dos ataques perto da sala de concertos Bataclan, em Paris

O número provisório de vítimas dos atentados de Paris subiu nesta sábado para 129 mortos e 352 feridos, sendo que 99 em estado grave, anunciou o Procurador-Geral François Molins. 

"Sete terroristas morreram no curso de suas ações criminosas", afirmou, em uma coletiva de imprensa.

O Procurador também informou que foram três equipes de terroristas que agiram na ação coordenada.

Segundo ele, um dos terroristas que agiu na sala de shows Le Bataclan foi formalmente identificado.

Além disso, um dos veículos utilizados nos ataque tinha matrícula da Bélgica e alugado por um francês.