Publicado 10 de Novembro de 2015 - 20h13

Por Agência Estado

O corpo ainda não identificado foi localizado próximo à barragem do Fundão, primeira a se romper

Antonio Cruz/ Agência Brasil

O corpo ainda não identificado foi localizado próximo à barragem do Fundão, primeira a se romper

O Corpo de Bombeiros encontrou mais um corpo durante as buscas por desaparecidos, após o rompimento de duas barragens em Mariana, Minas Gerais, na última quinta-feira. O corpo ainda não identificado foi localizado próximo à barragem do Fundão, primeira a se romper. Segundo nota do governo do Estado de Minas "com isso, o número de mortos até agora é de seis pessoas, quatro corpos identificados e dois aguardando identificação".

O governo mineiro também informou que uma pessoa da lista de desaparecidos na tragédia se apresentou ao posto de comando de operações e está alojado na casa de familiares. Trata-se de Afonso Augusto Alves, de 54 anos, única pessoa da lista que não é morador de Bento Rodrigues. Alves é do distrito de Camargos.

Assim, restam até agora 21 pessoas que estão sendo procuradas - 11 são funcionários da Samarco e 10 pessoas informadas por familiares desalojados. Em Mariana, também segundo o governo do Estado, há agora 183 famílias hospedadas em hotéis, que totalizam 631 pessoas.

Em nota, o Estado informou que o pequeno abalo sísmico de 2,1 graus de magnitude registrado nesta terça-feira, 10, na região "não alterou a rotina de trabalho das equipes de busca e salvamento de vítimas". E informou ainda que as estruturas das barragens de Germano e Santarém não sofreram nenhuma alteração por causa do abalo sísmico.

Escrito por:

Agência Estado