Publicado 13 de Novembro de 2015 - 5h30

As taxas de juros das operações de crédito para pessoas físicas e jurídicas subiram em outubro pelo 13 mês consecutivo e renovaram os maiores patamares desde 2009, segundo pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).No caso das pessoas físicas, houve aumento nos juros em todas as linhas (juros do comércio, cartão de crédito rotativo, cheque especial, CDC e empréstimo pessoal). O juro médio subiu 0,07 ponto percentual em outubro ante setembro, para 7,30% ao mês (132,91% ao ano), o maior nível desde abril de 2009.No cartão de crédito, a taxa subiu 0,14 ponto, para 13,73% ao mês (ou 368,27% ao ano) em outubro, o maior nível desde março de 1996. Em relação aos juros do comércio (crediário), houve alta em todos os 12 tipos de lojas pesquisadas, com a média geral subindo 0,03 ponto, para 5,35% ao mês (ou 86,90% ao ano). Para as pessoas jurídicas, houve alta nas três linhas (capital de giro, desconto de duplicatas e conta garantida). O juro médio avançou 0,04 ponto percentual no mês passado ante o anterior, para 4,16% ao mês (63,08% ao ano), também o patamar mais alto desde abril de 2009. (Agência Estado)