Publicado 13 de Novembro de 2015 - 5h30

A partir de hoje, os consumidores que quiserem reclamar de problemas no fornecimento de produtos ou serviços em Campinas poderão contar uma nova ferramenta: o Procon Digital - o primeiro do País a oferecer um pacote de medidas que agilizará o trâmite das reclamações e de fiscalização apostando na interação por smartphones e computadores. Lançado ontem pelo governo municipal, o sistema permitrá que os consumidores façam queixas e denúncias por meio de um aplicativo e do novo site (www.procon.campinas.sp.gov.br). O programa foi desenvolvido pela Informática dos Municípios Associados (IMA) e vai permitir que todo o processo, desde a reclamação inicial do consumidor até a defesa do fornecedor, seja feito de maneira digital. O objetivo é acelerar a resolução dos problemas, reduzir o consumo de papel e permitir a homologação de processos de acordos firmados no órgão via eletrônica pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. O diretor do Procon Campinas, Ricardo Chiminazzo, afirmou que a plataforma digital criada pela IMA permite que os fiscais consigam ter acesso rápido às denúncias encaminhadas pelos consumidores. “A meta é tornar o processo 100% digital. Agora o consumidor pode fazer a denúncia on line e os fiscais têm acesso automático por meio dos tablets que todos eles utilizam. Assim, o fiscal pode ir com mais rapidez até o local e constatar se há irregularidades”, exemplificou. Chiminazzo disse que uma outra vantagem é que as reclamações também chegarão com maior agilidade aos técnicos que fazem a ponte entre o reclamante e a reclamada no caso de queixas. “Os técnicos vão receber digitalmente a reclamação e já iniciarão o processo. As empresas também farão sua defesa por via digital. Dessa forma, ganhamos tempo e reduzimos os gastos com insumos como papel e envio de cartas registradas”, ressaltou. Ele afirmou que toda a documentação poderá ser encaminhada de forma digital para ser anexada ao processo. “Todas as decisões serão tomadas com informações no ambiente digital”. O diretor do Procon Campinas salientou ainda que as queixas realizadas pelos consumidores nos postos de atendimento do órgão também passarão pelo processo digital. “O modelo será aplicado tanto para quem utiliza diretamente a plataforma quanto para as reclamações que vierem por meio dos postos de atendimento”. Chiminazzo comentou também que o governo municipal espera por um aval da Justiça para que a plataforma seja utilizada no processo de homologação de acordos realizados no Procon pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. “A via será bem mais rápida e dará respaldo aos acordos que firmados no órgão”, salientou o diretor. Ele afirmou que o aplicativo que será utilizado pelo consumidor já está disponível para o sistema Android e em breve também estará para o IOS.