Publicado 10 de Novembro de 2015 - 5h30

A Arábia Saudita anunciou ontem o fim do embargo da carne bovina in natura do Brasil. A medida foi acertada durante reunião entre a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, e o CEO da Autoridade Saudita de Alimentos e Medicamentos (SFDA), Mohammed Al-Meshal. Os dois definiram um novo modelo de Certificado Sanitário Internacional. O Ministério afirmou em nota que a estimativa é de que o Brasil tenha potencial para exportar 50 mil toneladas de carne bovina ao ano, ou US$ 170 milhões. Os sauditas haviam suspendido a compra da carne brasileira em 2012, depois de um caso atípico de vaca louca. “O fim do embargo representa abertura não apenas do mercado saudita, mas de todos os países do Golfo”, disse o Ministério (Agência Estado)