Publicado 11 de Novembro de 2015 - 19h05

Quatro shows marcam o projeto Vozes da Cidade, realizado pelo Sesi Campinas, de hoje a domingo, com a proposta privilegiar os artistas locais de diferentes, estilos em apresentações gratuitas. Nesta edição se apresentam Quarteto de Cordas Vocais, Marise Marra, Adriano Dias e Banda e Aureluce Santos, respectivamente.

O primeiro grupo, formado por Adriano Dias (voz, violão de sete cordas e flauta), Allessandro Dias (voz, violão, viola e cavaquinho), Rodrigo Duarte (voz, surdo e percussão) e Déo Piti (voz, pandeiro e percussão), traz o espetáculo Pra Cantar a Batucada, composto por canções de Cartola, Noel Rosa, Dorival Caymmi, Alvaiade, Nelson Cavaquinho, Batatinha, Wilson Batista, Chico Buarque, Assis Valente e outros grandes compositores da música brasileira.

Amanhã, o rock entra em cena com a guitarrista e cantora Marise Marra. Ela apresenta o mais recente disco, Funny Love, definido pela artista como o mais pop e eclético de sua carreira. É composto por dez faixas autorais, sete em parceria com Cabeto Rocker, quatro em inglês, e um solo de violoncelo por Jonas Moncaio, encerrando o repertório. Marise tocará ao lado de Daniel Gohn (bateria) e Raoni Passeto (contrabaixo).

No show de Adriano Dias e Banda, o violonista se junta a cantora Bruna Volpi e os integrantes do trio Choro Pro Santo, do qual também fazem parte, Fábio Bergamini (bateria) e Thadeu Romano (acordeon), para mostrar o show Aos Meus 10 OuVinte, baseado no disco homônimo, uma coletânea de produções de Dias gravadas por diversos intérpretes e instrumentistas de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. São ritmos variados — samba, baião, ijexá, chorinho e xote — com influência de autores como Guinga (1950), Chico Buarque (1944), Villa-Lobos (1887-1959) e até Claude Debussy (1862-1918).

Para Dias, o projeto é uma boa oportunidade para que os músicos possam mostrar seus trabalhos autorais, assim como os arranjos feitos para clássicos da música popular brasileira. “É uma honra e satisfação poder mostrar meu trabalho autoral num dos mais belos teatros da cidade, com o Quarteto de Cordas Vocais (que, este ano, completa 20 anos de trabalho em Campinas) e ao lado do grupo Choro Pro Santo e da cantora Bruna Volpi. Projetos assim são fundamentais para uma amostra mais apurada e uma escuta mais atenta”, diz.

A sambista Aureluce Santos fecha o Vozes da Cidade no domingo interpretando clássicos Luiz Carlos da Vila, Paulinho da Viola, Clara Nunes, João Bosco, João Nogueira, Cartola, Dona Ivone Lara, Nelson Cavaquinho, Jair Rodrigues, Adoniran Barbosa, Elis Regina, Gonzaguinha e outros, usando uma formação tradicional, com cavaquinho, violão de sete cordas, sopro, vocais, uma batucada contagiante e a influência musical dos integrantes. Quem a acompanha são os músicos Marcelo Silva (violão de sete cordas), Jean Santana (cavaquinho), Adilson Café (percussão) e Jeferson Prado (pandeiro). (Marita Siqueira/Da Agência Anhanguera)