Publicado 16 de Novembro de 2015 - 5h30

Um autônomo de 31 anos morreu atropelado por um trem quando atravessava a linha férrea na altura do Jardim Rosa e Silva, em Sumaré. O corpo de Maicon Alves Santiago foi achado na manhã de ontem, sem parte da perna esquerda, ao lado do trilho. O membro cortado estava no trilho, a uma distância de cerca de seis metros de onde estava o corpo. A suspeita é que ele tenha sido atingido por uma locomotiva à noite. Segundo testemunhas, uma irmã da vítima contou que o homem era usuário de drogas e alcoólatra e que tinha saído de casa na noite de anteontem, dizendo que iria embora. O corpo foi achado pela equipe patrimonial da concessionária ALL, que acionou a polícia. O caminho serve de travessia para os moradores da região acessarem a Avenida João Argenton. A ALL informou que é proibida a circulação de pessoas não autorizadas em sua faixa de domínio e que a travessia de linha férrea só deve ser feita em locais indicados e sinalizados, como passagens de nível. Diz também que faz campanhas de conscientização. (Alenita Ramirez/AAN)