Publicado 13 de Novembro de 2015 - 5h30

Um rapaz de 22 anos é acusado de invadir uma escola estadual no Centro de Itatiba com canivete e agarrar alunas de 15 e 16 anos anteontem à noite. Ele foi denunciado por uma inspetora a policiais da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas, que faziam patrulhamento na região, e fugiu ao ver os militares, mas acabou detido. Segundo a Polícia Militar, durante a abordagem o suspeito deu socos e chutes em um policial. Dentro da mochila do jovem foi encontrado o canivete. As estudantes foram até o Plantão Policial com seus responsáveis e após elaborado Termo Circunstanciado de Ocorrência de importunação ofensiva ao pudor e resistência, o autor dos assédios foi liberado. De acordo com a PM, o soldado agredido na ocorrência procurou atendimento médico, foi medicado e recebeu alta.

Questionado sobre a situação, Adão Aparecido Souza, dirigente da Diretoria Regional de Ensino de Jundiaí, afirmou que dentro da escola apenas uma menina foi assediada quando comia na lanchonete. O rapaz teria conseguido um uniforme da unidade para conseguir entrar. (Jaqueline Harumi/AAN)