Publicado 14 de Novembro de 2015 - 5h30

Ainda sem contar com a presença dos nove reforços anunciados nesta semana, o técnico Pintado aproveita para observar os jogadores da categoria de base do Guarani. Ontem à tarde, os atletas do time sub-20 fizeram um coletivo sob os olhares atentos do treinador. Vários pratas da casa que ganharam espaço na reta final da Série C, como o zagueiro Léo Rigo e o atacante Raí, devem fazer parte do elenco. Além deles, outros garotos podem subir ao profissional.

"Vamos observar e ver quais já estão prontos. Mas nem todos que vão treinar com o elenco serão inscritos na Série A2, até porque o regulamento só permite a inscrição de 28 jogadores", afirmou Pintado.

O superintendente de futebol Waldir Lins afirmou que todos os jogadores nascidos em 1995, que estouraram a idade para jogar no sub-20 serão avaliados em conjunto com Pintado. Os que não forem aproveitados serão liberados caso tenham contrato expirando, ou emprestados a fim de ganhar experiência se o vínculo com o Guarani for longo. "Todos os nascidos em 1995 se apresentaram na terça com o restante do elenco e nesse período vamos trabalhar e avaliar. A situação dos que não forem aproveitados vai

depender do tempo de contrato que têm com o clube", explica o dirigente bugrino.

Na próxima semana, os reforços anunciados pelo Bugre começarão a chegar ao Brinco de Ouro. Segundo Pintado, o primeiro jogo-treino será disputado no próximo dia 26, provavelmente contra a Internacional de Limeira. (Bruno Bacchetti/Da Agência Anhanguera).