Publicado 13 de Novembro de 2015 - 5h30

Lucca chegou há pouco tempo no Corinthians, mas já vem conquistando um lugar especial no coração dos torcedores. Reserva da equipe, ele tem sido importante com gols decisivos, o último na partida contra o Coritiba, no último sábado, na vitória por 2 a 1, quando saiu de campo como herói no Itaquerão. "O assédio mudou um pouco. Fico feliz por estar vivendo esse momento. Sem meus companheiros, os gols não seriam possíveis. Por isso sempre divido o mérito", comentou o atacante.

Por pouco ele não comemorou o hexacampeonato, mas viu o Atlético Mineiro fazer um gol no fim da partida, adiando a festa corintiana. "Estava em casa acompanhando e ver o gol no finalzinho deixou a gente um pouco triste. Sabemos da qualidade do nosso trabalho, por isso estamos com tantos pontos na frente. Mas temos de ter humildade e pés no chão. Vamos trabalhar para que o quanto antes a gente possa conquistar o título", disse. A próxima partida do Corinthians será na quinta-feira, em São Januário, diante do Vasco. Se vencer, o time será campeão brasileiro por antecipação.

O técnico Tite vai testar no jogo-treino de hoje, contra o Red Bull Brasil, no CT Joaquim Grava, dois titulares da equipe que acabam de se recuperar de contusão. Os laterais Fagner (direita) e Uendel (esquerda) serão observados no time formado por reservas que irá a campo. (Da Agência Estado)