Publicado 12 de Novembro de 2015 - 5h30

O zagueiro Breno foi liberado ontem para trabalhar com os fisioterapeutas do São Paulo após passar por uma artroscopia. Ele se recupera de uma lesão no menisco lateral do joelho direito e entra em nova fase no processo de recuperação. A expectativa da comissão técnica do clube é que ele possa aproveitar o restante do ano para se recuperar totalmente e iniciar 2016 sem qualquer preocupação.

Breno não atua desde a vitória sobre o Vasco por 3 a 0, no Morumbi, no dia 23 de setembro, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, ainda sob o comando do técnico colombiano Juan Carlos Osorio. Desde então, o zagueiro lutava para se recuperar de uma tendinite que o impedia de treinar com o restante do grupo e não conseguiu mais participar das partidas.

Formado no clube, o jogador retornou neste ano após atuar quatro anos na Alemanha, onde teve de cumprir pena na prisão por ter ateado fogo à própria casa. A reestreia dele foi em agosto contra o Corinthians, quando passou a ser utilizado como primeiro volante. Em seis jogos pelo São Paulo no ano, Breno foi titular em cinco e marcou um gol — contra o Avaí, em Florianópolis.

Novamente no comando do time, após a saída de Doriva, o coordenador técnico Milton Cruz tem a missão de conduzir o São Paulo ao G4. E motivação não falta para garantir uma vaga na Copa Libertadores. "Temos condições de buscar uma vaga na Libertadores. Vamos lutar pelas vitórias, jogo a jogo, e assim esperamos assegurar a classificação. Temos um bom time, com um plantel bem-disposto, e vamos fazer o nosso melhor para conseguir a vaga. Temos jogadores com condições de nos ajudar nestes últimos quatro jogos", afirmou o interino. (AE)