Publicado 12 de Novembro de 2015 - 19h51

Por Bruno Bacchetti

Flávio Caça-Rato com a camisa do Santa Cruz: atacante de 29 anos, que não joga desde abril, diz conhecer alguns jogadores do elenco bugrino

Divulgação

Flávio Caça-Rato com a camisa do Santa Cruz: atacante de 29 anos, que não joga desde abril, diz conhecer alguns jogadores do elenco bugrino

Conhecido pela irreverência, o folclórico atacante Flávio Caça-Rato pretende ter uma passagem longa pelo Guarani e se tornar ídolo da torcida bugrina. O "CR7 do Sertão" espera repetir os passos de grandes atacantes revelados pelo Bugre — citou Amoroso e Careca como exemplos — e sabe que vai encarar grande pressão para conquistar o acesso à elite paulista. O jogador de 29 anos foi anunciado na quarta-feira (11) como reforço do Guarani para a disputa do Campeonato Paulista da Série A2 e é aguardado no Brinco no início da próxima semana.

"A expectativa é boa, quero fazer um bom trabalho e ajudar o Guarani a voltar para a Série A1. É um time grande, de pressão e muita torcida. Sei que o clube tem uma história muito bonita e revelou jogadores como Amoroso e Careca. Quero fazer história no Guarani. Jogador tem que se destacar por onde passa, não pode ser só de passagem", afirmou Caça-Rato. "No Santa Cruz consegui fazer história e espero que seja assim também no Guarani", completou.

Revelado pelo Sport, o atacante viveu a melhor fase na carreira com a camisa do rival Santa Cruz, onde conquistou o bicampeonato pernambucano e também o acesso para a Série B do Brasileiro. Caça-Rato defendeu ainda Salgueiro-PE, SEV Hortolândia, NK Omis, da Croácia, América-RN, Timbaúba-RN, Cabense-PE e Remo-PA. Sem jogar desde abril, quando deixou o time paraense, o atacante está treinando em uma academia e garantiu que não terá dificuldades para entrar em forma.

Caça-Rato afirmou que já conhece alguns jogadores do elenco, o que facilitará sua adaptação. "Já joguei com o Oziel no Santa Cruz, e com o Fumagalli tive o prazer de trabalhar no Sport, quando tinha acabado de subir dos juniores. O Lenon joguei contra no Náutico", contou.

O atacante disse que seu empresário está conversando com a diretoria bugrina para realizar ações de marketing envolvendo seu nome. No entanto, promete à torcida que chega para ajudar dentro de campo, não apenas como ferramenta de publicidade. "O Flávio vai chegar muito feliz e vai suar a camisa", finalizou.

Além de Caça-Rato, o Guarani anunciou outros oito reforços, que devem se apresentar no decorrer da próxima semana. Chegam ao clube o goleiro Rafael Gatti, o lateral-esquerdo Mário Sérgio, os zagueiros Lucas Bahia e Mateus Alves, o volante Diego Tabata, o meia Valdeir e os atacantes Ricardinho e Max.

Escrito por:

Bruno Bacchetti