Publicado 09 de Novembro de 2015 - 21h45

Cecilia PAVANI

Dominique Torquato

Cecilia PAVANI

As iniciativas que concorrem ao Prêmio Experiência 10, promovido pelo projeto Correio Escola Multimídia, do Grupo RAC, estão sendo avaliadas por cinco jurados, especialistas em educação. As 12 atividades, cujos autores se inscreveram em junho para o concurso, foram mostradas em reportagens pelo Correio Popular entre agosto e outubro, sempre às terças-feiras.

O júri avalia as iniciativas a partir de seis critérios. No primeiro, leva-se em consideração a criatividade da proposta, ou seja, a forma como o conteúdo é trabalhado e o uso de recursos diversos como alternativas aos métodos tradicionais de ensino. O segundo critério avalia a originalidade da atividade e a inovação nas práticas utilizadas para trabalhar o conteúdo.

Em seguida, o terceiro critério verifica a adequação da proposta à realidade do público. Depois, é a vez de avaliar a pertinência em relação ao conteúdo programático, considerando os currículos dos ensinos Fundamental e Médio. Os dois últimos critérios de avaliação dizem respeito, respectivamente, aos resultados alcançados e à capacidade de replicação por outros educadores.

Os professores responsáveis pela melhor iniciativa da escola pública e pela melhor da escola particular receberão um tablet cada um. O professor responsável por aquela que for considerada a segunda melhor iniciativa entre todos os inscritos, seja da escola pública ou particular, receberá como prêmio um fim de semana cultural em São Paulo, com hospedagem, jantar e ingressos para peça de teatro, com direito a acompanhante. O prêmio será concedido por meio de uma parceria do Correio Escola Multimídia e a B.A. Plus Eventos.

Um professor também receberá, como terceiro colocado, um jantar ou almoço, para duas pessoas, no Bar do Alemão, em Campinas, outro parceiro do prêmio neste ano. Além da avaliação dos jurados, a iniciativa que mais contou com compartilhamentos e acessos no portal Correio.Com durante a semana de publicação também será premiada: o autor do projeto vai ganhar um jantar ou almoço, com acompanhante, na Cantina Messina, também apoiador do Experiência 10.

Na série de reportagens, foram mostradas seis atividades desenvolvidas por professores em escolas particulares e seis por docentes de colégios públicos (municipais e estaduais). Antes do início das publicações, os professores preencheram uma ficha apresentando suas propostas. Foram cerca de 50 inscrições e uma pré-seleção para decidir quais se tornariam temas de reportagens foi realizada, a partir dos mesmos critérios usados agora para a premiação. Os ganhadores de 2015 serão conhecidos na semana que vem.

Cecilia PAVANI

CECÍLIA DE GODOY CAMARGO PAVANI

Graduada em letras, especialista em língua e literatura inglesa e mestre em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Idealizadora e coordenadora, desde 1992, do Departamento de Educação do Grupo RAC, que mantém o projeto Correio Escola Multimídia, cujo objetivo é oferecer formação para educadores usarem os textos jornalísticos em sala de aula. Autora e organizadora de vários livros sobre a utilização da mídia na sala de aula. Foi professora de diversos colégios particulares de Campinas.

ELIZENA CORTEZ

ELIZENA CORTEZ

Graduada em pedagogia e em geografia pelo Centro Universitário da Fundação Educacional Guaxupé (Unifeg). Mestranda na Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com projeto sobre avaliação. Integrante da equipe pedagógica do projeto Correio Escola Multimídia e professora no curso de extensão Comunicação, Mídia e Leitura, na Unicamp. Atuou em diversos colégios públicos e particulares de Campinas como professora e coordenadora pedagógica.

STELLA DE MELLO SILVA

STELLA DE MELLO SILVA

Graduada em letras pela Universidade de Santo Amaro (Unisa). Especialista em docência universitária pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp). Mestre em divulgação científica e cultural pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Doutoranda em educação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Membro do grupo de pesquisa Comunicação, Ciência e Sociedade, do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (LabJor), na Unicamp. Professora na Unasp, em Engenheiro Coelho.

Drª Maria Auxiliadora Megid

MARIA AUXILIADORA BUENO ANDRADE MEGID

Graduada em pedagogia pela Faculdade de Educação e Ciências Pinheirense. Mestre e doutora em educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Professora e diretora da Faculdade de Educação da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Integra o grupo de pesquisa Formação e Trabalho Docente, na mesma universidade. Tem diversos textos publicados em livros, congressos e revistas científicas na área de educação. Entre os temas com os quais trabalha, estão educação matemática, construção de conhecimento e formação de professores.  

EDISON LINS

EDISON LINS

Graduado em letras pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Mestre em educação pelo Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal). Professor da rede pública de ensino. Um dos vencedores do Prêmio Experiência 10 em 2013. Atua como docente na Escola Estadual Adalberto Prado e Silva, onde leciona língua portuguesa, e em projetos para estudantes de Ensino Médio, integrando universidades e escola.