Publicado 12 de Novembro de 2015 - 21h41

Por Jaqueline Harumi

Um rapaz de 24 anos foi morto após ser torturado e baleado amarrado a uma árvore na noite de quarta-feira (11) em Santa Bárbara d'Oeste. O abuso aconteceu durante cerca de cinco horas em um área de mata do Jardim Nova Conquista. Segundo a Polícia Militar, o local é conhecido pelo tráfico de drogas e pela moradia de criminosos.

A vítima, David Valério de Sousa, morava na Vila Sartori e não tinha passagem criminal. Segundo os policiais, antes de morrer, Sousa afirmou que os agressores acreditavam que ele era policial. A suspeita teria surgido porque possuía mensagens em seu celular para guardas municipais e policiais militares.

De acordo com a PM, um denunciante anônimo teria informado via 190 que um homem estava sendo agredido no local por outros cinco. Quando a equipe chegou para a averiguação ouviu tiros e os agressores fugiram. Um deles acabou sendo detido cerca de 500 metros da árvore. Nenhuma arma foi apreendida. 

O suspeito detido, Luis Henrique Xavier Rocha, 32 anos, é morador de Limeira e tem diversas passagens por furto na cidade, segundo o delegado Gabriel Fagundes de Toledo Neto, do 2º Distrito Policial de Santa Bárbara d'Oeste. 

Sousa foi encontrado com um pano e um capacete na cabeça, várias marcas de chutes e socos pelo corpo e três tiros, na clavícula, na barriga e no rosto. Mesmo sendo socorrido pela equipe policial à Unidade Modular Dr. Afonso Ramos mas morreu.

O enterro de Sousa aconteceu nesta quinta-feira (12) no Cemitério Campo da Ressurreição.

Escrito por:

Jaqueline Harumi