Publicado 10 de Outubro de 2015 - 18h00

Por Carlo Carcani Filho

A diretoria diz que não tem pressa para contratar o substituto de Doriva e que pretende manter Felipe Moreira no cargo

Janaína Ribeiro/ Especial AAN

A diretoria diz que não tem pressa para contratar o substituto de Doriva e que pretende manter Felipe Moreira no cargo

O desempenho da Ponte Preta nas dez primeiras rodadas do segundo turno do Campeonato Brasileiro é muito parecido com o que obteve nas dez primeiras partidas da competição, ainda sob o comando do técnico Guto Ferreira, hoje na Chapecoense.

Até essa altura do primeiro turno, a Ponte Preta somou 16 pontos, com quatro vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas, ambas fora de casa, para Fluminense e Corinthians.

A campanha do segundo turno é um pouco inferior, com quatro vitórias, três empates e três derrotas que resultaram na soma de 15 pontos. A diferença é que nas dez primeiras rodadas do returno a Ponte foi batida duas vezes dentro do Moisés Lucarelli por Cruzeiro e Vasco da Gama. Como visitante perdeu apenas uma vez, para o São Paulo.

Até agora, a Ponte Preta só conseguiu somar seis pontos contra um adversário. Ganhou em casa do Atlético Paranaense por 2 a 1 no primeiro turno e repetiu o placar no returno, em Curitiba.

Por outro lado, nenhuma equipe conseguiu derrotar a Macaca duas vezes. Para seguir assim, a Macaca terá que somar pelo menos um ponto na quarta-feira, no Allianz Parque, diante do Palmeiras. No primeiro turno, o Verdão venceu por 2 a 0, em jogo realizado na Arena Pantanal (a diretoria vendeu o mando de campo para uma empresa por R$ 1 milhão).

O reencontro com o Palmeiras marca a estreia do auxiliar Felipe Moreira no comando da Ponte Preta. Ele assume o cargo temporariamente no lugar de Doriva, que no início da semana deixou o clube para assinar com o São Paulo.

Jogo-treino

Em um jogo-treino com a Portuguesa no Moisés Lucarelli, Felipe Moreira observou jogadores reservas , que é dirigida por Estevam Soares (ex-técnico da Macaca) e luta com o Vila Nova (GO) por uma vaga na Série B de 2016.

A Macaca venceu por 4 a 1, com gols dos atacantes Diego Oliveira, Alexandro, Clayson e Keno.

A diretoria diz que não tem pressa para contratar o substituto de Doriva e que pretende manter Felipe Moreira no cargo até que um nome seja escolhido com calma. Gilson Kleina, que luta para manter o Avaí na Série A do Brasileiro, foi cogitado

Escrito por:

Carlo Carcani Filho