Publicado 13 de Outubro de 2015 - 12h40

Por Agência Anhanguera de Notícias

Wilson Júnior (à esquerda) deve voltar à condição de titular no jogo contra o Resende

Divulgação/Red Bull Brasil

Wilson Júnior (à esquerda) deve voltar à condição de titular no jogo contra o Resende

Em um torneio de tiro curto, fazer o resultado em casa é fundamental. Por isso, o Red Bull Brasil sabe da importância que é o confronto contra o Resende, neste sábado (1), às 16h, no Estádio Moisés Lucarelli, pela 4ª rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. Depois de conquistar a primeira vitória no campeonato jogando em Campinas ao bater o Inter de Lages, o Toro Loko conta agora com mais três pontos atuando em seus domínios para conseguir alcançar a vice-liderança do Grupo A7 no final da rodada.

A meta da equipe campineira é conquistar 100% de aproveitamento em casa. Assim, já teria garantido 12 pontos e bastariam mais alguns como visitante para que a vaga fosse assegurada. "Temos esse discurso de vencer em casa, mas buscamos o resultado em todas as partidas", afirma o técnico Maurício Barbieri. "Só que sabemos que, em nossos domínios, temos maior controle da partida, mais afinidade com o gramado e podemos nos preparar melhor", completa o treinador do Toro Loko.

Fazer prevalecer o estilo de jogo também é uma arma do Red Bull atuando no Moisés Lucarelli. "No último jogo contra o Inter, nós conseguimos impor nosso estilo e se aproximar mais da característica que eu gosto que é trocar a bola, envolver o adversário. Temos sempre que tentar buscar nosso jogo e impor a nossa maneira de atuar", destaca o treinador.

O fato de enfrentar o lanterna da chave, que conquistou apenas um ponto em três rodadas, não significa tranquilidade. Isso por conta do ânimo renovado que o Resende deve ter na partida. A equipe teve mudança no comando técnico, com a demissão de Alfredo Sampaio e a chegada de Aílton Ferraz.

"É um oponente complicado, que vem com uma motivação a mais. Não podemos desprezar o potencial deles porque eles têm ambições de tentar reverter o quadro desfavorável. Só fazendo valer nossa força vamos fazer um grande jogo e buscar a vitória", pontua Barbieri.

Sem nenhum problema por suspensão, o treinador deve mandar a campo a mesma base das partidas anteriores. Barbieri não confirmou a equipe titular, mas uma das possibilidades de mudança é no ataque. Titular na estreia, Wilson Júnior foi substituído por Igor Sartori no último jogo e pode voltar à equipe.

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias