Publicado 13 de Outubro de 2015 - 12h39

Por Agência Anhanguera de Notícias

O goleiro Juninho salvou o Red Bull da derrota ao defender pênalti

Divulgação/Red Bull Brasil

O goleiro Juninho salvou o Red Bull da derrota ao defender pênalti

O Red Bull ficou no empate sem gols com o Internacional, de Lages, na tarde deste domingo (30), em Santa Catarina, e praticamente disse adeus à chance de continuar brigando pelo acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro de 2016. O Toro Loko, que precisava vencer, não jogou bem e ainda teve que sair de campo contente com o placar porque deixou de tomar um gol no pênalti defendido por Juninho, no final da primeira etapa.

Com oito pontos em sete jogos, o time campineiro está em terceiro lugar na tabela de classificação, abaixo do Operário-PR, com 10 pontos e um jogo a menos, e do líder Ypiranga-RS, com 13.

O problema maior é que o Inter-SC, que está logo abaixo com sete pontos, também tem um jogo a menos, assim como o Resende-RJ, que é o lanterna com seis pontos. O Toro só tem mais um jogo a fazer e precisa vencer o Operário, dia 7 de setembro, no Moisés Lucarelli, e depois torcer por uma combinação de resultados para avançar entre os dois melhores.

A partida começou truncada com os dois times apostando em jogadas de força e pouca criação. Quando o jogo se encaminhava para o intervalo, o clube catarinense teve um pênalti. Aos 47', Thiago Silvy foi derrubado na área. Ele cobrou e o goleiro Juninho defendeu.

Na segunda etapa, o jogo seguiu morno, com Juninho tendo que fazer boas defesas. Mesmo pressionando, o Colorado não conseguiu seu gol e somou apenas um ponto, assim como o Red Bull.

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias