Publicado 11 de Outubro de 2015 - 5h30

Campeão de vendas por mais de uma década, o Ecosport foi desbancado do trono recentemente por novos concorrentes como Honda HR-V e Jeep Renegade. Contudo, o pioneiro utilitário esportivo compacto continua na briga e, enquanto a nova geração não chega, a Ford introduz modificações mecânicas na linha 2016 para manter a média de três mil unidades comercializadas por mês.

No lugar do motor 1.6 de comando simples de válvulas, jipinho traz agora um 1.6 mais potente com duplo comando, chamado de TiVCT, igual ao já utilizado no New Fiesta. Com etanol no tanque, esse motor desenvolve 131 cavalos e 16,1 kgfm de torque. Outra novidade é a transmissão automatizada PowerShift, de dupla embreagem e seis marchas, que passa a ser oferecida nas versões SE e FreeStyle. Por sua vez, essas mesmas configurações com motor 2.0 e câmbio PowerShift, saem do catálogo.

O novo motor 1.6 família Sigma do Ecosport tem bloco, cabeçote e cárter de alumínio e, além do duplo comando independente de válvulas, traz sistema de partida eletrônica a frio, pistões grafitados e bomba de óleo variável. Já a transmissão automatizada de seis velocidades se caracteriza, de acordo com a Ford, pelos engates rápidos e eficiência: é cerca de 10% mais econômica no consumo de combustível que as automáticas convencionais. A direção elétrica e os pneus ‘verdes’ são outros avanços que contribuem para a nova versão automática atingir esse rendimento.

Tivemos a oportunidade de avaliar esses novos atributos do Ecosport em um rápido test drive realizado na Serra Gaúcha, durante a apresentação do novo modelo aos jornalistas especializados. À primeira vista, o renovado conjunto mecânico tem desempenho convincente. Com quatro pessoas a bordo, mas sem nenhuma bagagem, o novo motor 1.6, com 16 cv a mais do que o anterior, se comporta linearmente e mostra disposição para acelerar.

A transmissão PowerShift, tem marchas bem escalonadas, mas em alguns momentos apresenta alguma dificuldade em ‘conversar’ com o motor, especialmente quando se busca uma retomada mais rápida. De resto, o comportamento do jipinho Ford não mudou: a direção é firme e a suspensão macia também proporciona equilíbrio em curvas.

O novo Ecosport 1.6 automático já vem de série com controle eletrônico de estabilidade e controle de tração, assistente de partida em rampa, freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem, chave de segurança My Key e sistema Isofix para fixação de cadeiras infantis. E ainda oferece seis airbags na versão FreeStyle Plus.