Publicado 16 de Outubro de 2015 - 5h30

As condições climáticas em Campinas permanecem severas. Durante a tarde de ontem a temperatura registrada chegou a 36,1°C e a umidade relativa do ar em 15,7%, estado de alerta, perto do limite do estado de emergência, que fica abaixo de 12%. A previsão, de acordo com o Centro de Pesquisas Meteorológicas Aplicadas à Agricultura (Cepagri), é que a situação continue assim pelos próximos quatro dias em toda a região.

O predomínio de céu claro, aberto e com forte incidência de raios solares causa desconforto térmico devido à alta temperatura, acompanhada da baixa umidade do ar. Ainda segundo o Cepagri, a situação é de limite nos estados de atenção e alerta em relação às condições ambientais para as pessoas. A previsão para a madrugada é que a temperatura fique por volta de 21°C e 22°C.

O índice do raio ultravioleta permanecerá acima de 12, em uma escala que varia de zero até acima de 13, ou seja, próximo do limite máximo. Nessas ocasiões é recomendada a utilização de protetores solares ao se expor ao sol e evitar a exposição direta. A prática de exercícios físicos entre 10h e 17h também não é recomendável.

Ainda segundo o Cepagri, as condições climáticas de Campinas e região só deverão ser alteradas entre os dias 21 ou 22 de outubro, com a queda das temperaturas.