Publicado 14 de Outubro de 2015 - 5h30

A Secretaria de Recursos Humanos da Prefeitura de Campinas se posicionou a favor da suspensão de contrato com a Mixcred, empresa responsável pelos alimentação e refeição dos 18 mil servidores municipais, após o procedimento que apura irregularidades no serviço. A Administração deve divulgar hoje se rompe ou não o contrato com a operadora. Entre as falhas, estão atrasos de mais de um mês nos repasses a mercados e restaurantes que aceitam o cartão.