Publicado 16 de Outubro de 2015 - 5h30

Pela sexta vez em seis temporadas, o Vôlei Brasil Kirin está entre os quatro melhores times do Campeonato Paulista masculino. Ontem, a equipe teve mais trabalho do que talvez imaginasse, mas não deu brecha para a zebra e derrotou São Bernardo do Campo por 3 sets a 0 (parciais de 28/26, 25/21 e 25/23), em partida realizada no Ginásio do Taquaral, repetindo o placar do jogo de ida. Nas semifinais, o time campineiro fará duelo contra o Funvic/Taubaté/São Paulo, que também fechou a série contra Santo André em dois jogos. O primeiro confronto acontece nesta terça-feira, às 18h30, no Vale do Paraíba.

São Bernardo veio como franco-atirador e, sem nada a perder, vendeu caro a derrota. Com um bom contra-ataque, chegou a abrir quatro pontos no primeiro set. Os donos da casa reagiram, mas não tiveram vida fácil para fechar. Isso aconteceu apenas em ataque de Lucas Lóh. A segunda parcial foi semelhante. Os visitantes estavam na frente nos dois tempos técnicos e só quando o romeno Olteanu foi para o saque a coisa mudou de figura. Com dois aces, o ponteiro conduziu o Brasil Kirin à virada e a vitória veio em ataque de Luizinho.

O equilíbrio das parciais anteriores se manteve no terceiro set. O técnico Alexandre Stanzioni aproveitou o momento para rodar o time e colocar em quadra jogadores que não iniciaram a partida, como Vini, Ygor Ceará e Piá. O Brasil Kirin dominou o marcador, mas sem folga na pontuação. Mesmo assim, fez valer sua superioridade técnica e fechou em 25/23 no ataque na diagonal de Piá.

“A gente sabia que eles não tinham muita responsabilidade e viriam para rasgar a bola aqui em Campinas. Então, algumas coisas iam dar certo e outras não”, destacou o técnico Alexandre Stanzioni. “Mas foi bom que rodamos todo mundo e quem entrou foi bem. São detalhes importantes e que fazem o time crescer para enfrentar um duro adversário”, completou. (Carlos Rodrigues/Da Agência Anhanguera)