Publicado 15 de Outubro de 2015 - 5h30

Se na última terça-feira Roger Federer decepcionou ao ser eliminado já na estreia no Masters 1.000 de Xangai, onde defendia a condição de atual campeão e caiu diante do espanhol Albert Ramos-Viñolas, os principais cabeças de chaves que foram para a quadra ontem confirmaram favoritismo e garantiram vaga nas oitavas de final da competição.

Novak Djokovic, líder do ranking mundial, segue demolidor. Campeão em Pequim no último domingo ao arrasar Rafael Nadal, o tenista sérvio abriu sua campanha em Xangai atropelando o eslovaco Martin Klizan com parciais de 6/2 e 6/1. Com o triunfo, Djokovic se credenciou para enfrentar na próxima fase o espanhol Feliciano López, que bateu o austríaco Dominic Thiem por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (4/7), 7/6 (8/6) e 6/3.

Essa foi a segunda vitória de Djokovic em dois jogos contra Klizan, que neste ano já havia sido batido pelo rival no Masters 1.000 de Miami, onde o eslovaco deu bem mais trabalho e chegou a ganhar um set. Desta vez, porém, o sérvio abriu com autoridade a sua campanha em busca do seu nono título nesta temporada.

Outro que estreou com vitória tranquila em Xangai ontem foi Andy Murray, atual vice-líder do ranking mundial e terceiro cabeça de chave da competição chinesa. O britânico superou o norte-americano Steve Johnson por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/4, e também avançou às oitavas. E o escocês terá pela frente um outro tenista dos Estados Unidos. Trata-se de John Isner, 13 pré-classificado, que derrotou o belga David Goffin por 6/3 e 7/6 (7/5).

O suíço Stan Wawrinka, por sua vez, teve um pouco mais de trabalho para confirmar a sua condição de quarto cabeça de chave em sua estreia. Campeão do Torneio de Tóquio no domingo, ele se garantiu nas oitavas de final ao bater o sérvio Viktor Troicki por 2 sets a 0, com 7/6 (7/3)e 6/3.

O único tenista de destaque que não conseguiu confirmar o favoritismo foi David Ferrer. Sétimo cabeça de chave, o espanhol foi surpreendido pelo australiano Bernard Tomic, que ganhou por 6/4 e 6/2 e vai medir forças nas oitavas de final com o francês Richard Gasquet. (Da Agência Estado)