Publicado 14 de Outubro de 2015 - 5h30

O centroavante Vagner Love afirmou ontem que espera embalar nas últimas nove rodadas do Campeonato Brasileiro para levar o Corinthians ao título. O atacante marcou oito gols até agora. O artilheiro da equipe na competição é o meia Jadson, com 12. "Quem sabe eu não possa marcar nessas últimas rodadas e ajudar o time a ser campeão. Seria bom para mim e seria bom para o Corinthians conseguir o objetivo", disse.

O atacante já amarga um jejum de quatro partidas sem fazer gol. A última vez foi na vitória por 3 a 0 contra o Joinville, no dia 13 de setembro, no estádio Itaquerão, em São Paulo. "Fico chateado, triste, com as críticas mas confio no meu potencial, no meu trabalho, não preciso provar nada para ninguém."

A volta de Kaká ao Corinthians, apesar de ter chances remotas de se concretizar, também foi comentada por Vagner Love. "Não sei como era antes dele sair. Entre os jogadores vai ser tudo bem para ele voltar, mas tem a coisa da torcida, da direção do clube, não sei como vão conduzir essa situação. Mas se vier será bem vindo. Se jogar comigo, vai me ajudar, se disputar posição, o Corinthians vai sair ganhando. Mas vamos deixar para a diretoria resolver isso", declarou Love.

Vagner Love tentará acabar com a seca de gols amanhã, quando o Corinthians receberá o Goiás, às 19h30, no Itaquerão. A equipe lidera o Brasileirão com 61 pontos, cinco a mais do que o Atlético Mineiro, o 2 colocado.

Para esta partida, que será a volta à sua arena depois de quase um mês, o Corinthians deverá ter casa cheia. Mais de 37 mil ingressos foram vendidos até ontem para o duelo válido pela 30 rodada do Brasileirão. O último duelo em seu estádio foi no clássico contra o Santos, no dia 20 de setembro.

Restam apenas entradas para o setor Oeste Inferior, o mais caro, vendido a R$ 180 (R$ 90 a meia-entrada). A casa corintiana tem capacidade para cerca de 48 mil pessoas, mas o número inclui torcida visitante, cadeiras, camarotes e espaços que não são comercializados por segurança.

Depoimento

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, participa hoje de audiência pública na CPI do Futebol, em Brasília. O dirigente corintiano prestará esclarecimentos aos senadores que investigam possíveis irregularidades na CBF. O presidente do Vasco, Eurico Miranda, também vai prestar depoimento à COI em Brasília. (Da Agência Estado)