Publicado 14 de Outubro de 2015 - 5h30

Paraguai e Argentina ficaram no empate ontem pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia. Jogando no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, o time argentino voltou a vacilar no ataque e não passou do 0 a 0 com os anfitriões, pela segunda rodada — na estreia perdeu do Equador por 2 a 0.

Sem Lionel Messi e também sem Sergio Agüero, machucado na partida anterior, a Argentina contou com Tevez, Lavezzi e Di María no ataque. Contudo, parou na marcação e na empolgação paraguaia e segue sem balançar as redes na competição.

Os hermanos estão na metade inferior da tabela de classificação das Eliminatórias, com apenas um ponto em duas partidas. Já o Paraguai chegou aos quatro pontos porque venceu a Venezuela na estreia.

Mesmo sem os astros Luis Suárez e Edinson Cavani, a seleção do Uruguai está mostrando ser uma das melhores da América do Sul neste momento. Os uruguaios não deram chances para a Colômbia e com autoridade ganharam por 3 a 0, ontem, no estádio Centenário, em Montevidéu. Godin, Diego Rolan e Abel Hernández marcaram.

Com seis pontos — havia derrotado a Bolívia na estreia, em La Paz —, o Uruguai lidera as Eliminatórias pelo saldo de gols. Isso sem contar a partida entre Peru e Chile, que acabou na madrugada. A Colômbia, que na última quinta-feira havia ganhado do Peru por 2 a 0, em Barranquilla, segue com três pontos.

Já o Equador precisou superar o gramado encharcado pela chuva, a retranca da Bolívia e a pouca criatividade de seu ataque. Mas, empurrado pela torcida em Quito, marcou duas vezes na reta final do segundo tempo, venceu por 2 a 0, ontem, e manteve os 100% de aproveitamento após as duas primeiras rodadas das Eliminatórias. Os gols foram de Bolanos e Caicedo. Além dos seis pontos, a Seleção Equatoriana segue sem ser vazada, após passar na estreia pela Argentina também por 2 a 0. Já a Bolívia chegou à segunda derrota, após cair para o Uruguai em casa no primeiro jogo. (Da Agência Estado)

6 a 1

Da vitória da Argentina sobre o Paraguai na Copa América deste ano disputada no Chile. Os argentinos foram vice-campeões