Publicado 10 de Outubro de 2015 - 5h30

O Vôlei Brasil Kirin confirmou o favoritismo e, sem qualquer dificuldade, saiu na frente nas quartas de final do Campeonato Paulista. Ontem, a equipe campineira derrotou o São Bernardo, fora de casa, por 3 sets a 0 (parciais de 25/16, 25/15 e 25/18), e precisa de uma vitória simples no jogo de volta, marcado para quinta-feira, no Ginásio do Taquaral, para avançar à próxima fase. Se o time do ABC levar a melhor, o golden set definirá o classificado para as semifinais.

Melhor posicionado que o adversário na fase anterior e notadamente um time superior, o Brasil Kirin foi soberano na partida. Contando com os retornos de Lucas Lóh, Maurício Sousa e Thiago Brendle, que estavam servindo a Seleção Brasileira, o time campineiro só viu os donos da casa ofereceram alguma resistência no início do primeiro set, quando os pontos foram mais disputados.

Depois da primeira parada técnica, não houve mais nenhum equilíbrio. Depois de uma longa sequência de Maurício Sousa no saque, o Brasil Kirin abriu ampla vantagem e fechou em 25/16 após ataque do central.

A segunda parcial foi um verdadeiro passeio dos visitantes. O time de Campinas conseguiu manter o ritmo e foi para a primeira parada técnica com 8/3. A diferença só foi aumentando. Em seu segundo jogo na equipe, o romeno Olteanu mostrou bastante desenvoltura e não sentiu a falta de entrosamento. Assim, com autoridade, o Brasil Kirin fez 25/15 em ataque de Michael.

Com a vantagem confortável, o técnico Alexandre Stanzioni aproveitou para rodar o elenco e fazer algumas alterações. Apesar de diminuir um pouco o ritmo e permitir mais pontos do rival, o Brasil Kirin não vacilou e, após bloqueio de Ygor Ceará, os campineiros fizeram 25/18 e fecharam a partida.

“Fizemos as coisas com seriedade e seguimos no caminho do que queremos mostrar. Ainda existem alguns pontos que precisamos melhorar, mas vi coisas positivas para a sequência da temporada”, disse o técnico Alexandre Stanzioni. (Da Agência Anhanguera)