Publicado 10 de Outubro de 2015 - 5h30

O desempenho das categorias de base do Guarani em 2015 tem sido bastante elogiado, não à toa alguns dos garotos foram aproveitados na equipe principal nas últimas rodadas da Série C. Maior prova desse bom momento é o time sub-20, que, sob os olhares do técnico Pintado, inicia hoje a briga por um lugar nas quartas de final do Campeonato Paulista da categoria. O Bugrinho recebe o Santos, às 15h, no Estádio Luiz Perissinotto, em Paulínia, com portões abertos ao torcedor.

A equipe, comandada pelo ex-meia Renato Frederico — campeão brasileiro pelo clube em 1978 —, faz boa campanha. Ficou na terceira colocação do Grupo 2 e, em 20 partidas, venceu 13, sendo nove nos últimos dez jogos. O técnico lembra das dificuldades no início, mas como o time evoluiu. "Tivemos alguns altos e baixos no começo do campeonato, mas a partir da vitória por 4 a 0 no dérbi contra a Ponte Preta, conseguimos uma boa sequência", lembra o treinador. "Ainda precisamos melhorar alguma coisa porque vamos enfrentar o Santos, que sempre revela muitos jogadores." O Guarani precisa vencer para ter vantagem no confronto de volta, na Baixada, já que o Peixe joga por dois resultados iguais. Com a eliminação da equipe profissional, os jovens que vinham sendo aproveitados por Pintado desceram novamente para o sub-20. Assim, o zagueiro Léo Rigo, — lateral no time de cima —, o meia João Víttor e o atacante Raí ficam à disposição. Artilheiro da equipe no torneio com oito gols, o camisa 9 espera corresponder para voltar ao time de cima. "Esse período no profissional nos deu um pouco mais de experiência", diz Raí.

O Guarani vai entrar em campo hoje com Passarelli; Bruno, Wesley, Léo Rigo e Salomão; Chiclete, Lucão, Lorran, João Víttor e Salamene; Raí. (Carlos Rodrigues/AAN)