Publicado 10 de Outubro de 2015 - 5h30

Com Jeferson na lateral-direita, Fábio Ferreira no miolo da zaga e Fernando Bob no meio-campo, a Ponte Preta faz seu primeiro teste sob o comando do técnico interino Felipe Moreira, hoje, às 10h, no Moisés Lucarelli. O jogo-treino com a Portuguesa servirá para o substituto de Doriva colocar em prática o planejamento para a partida com o Palmeiras, quarta-feira, em São Paulo.

Os portões estarão fechados ao público, que não poderá ver a novidade preparada por Fábio Ferreira. Feliz pela oportunidade de ser titular na posição de Ferron, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o zagueiro decidiu inovar.

Conhecido pelos penteados extravagantes e pelas tatuagens espalhadas pelo corpo, o defensor agora se superou. "Estava sem inspiração para criar um novo corte. Por isso, decidi fazer algo diferente", contou, exibindo os cortes transversais na sobrancelha direita. "É um estilo que tenho. Gosto de mostrar um visual diferente. Agora, para dar uma variada, foi na sobrancelha."

Outra novidade no time é a volta de Fernando Bob, que cumpriu suspensão contra o Corinthians pelo terceiro cartão amarelo.

Cria do departamento de base da Ponte, Jeferson entrará na vaga de Rodinei, expulso no final da partida com o Corinthians.

A Portuguesa está na reta final da Série C do Brasileiro. Com a derrota no primeiro jogo, por 1 a 0, no início da semana, precisa vencer o Vila Nova-GO por dois ou mais gols de diferença, na partida da volta, sábado que vem, para garantir o acesso. Um empate com gols classifica o time goiano, enquanto vitória da Lusa por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

Já a Ponte está em 9 lugar com 41 pontos e só pensa em somar mais cinco para se livrar do risco de rebaixamento na Série A. Enquanto Felipe Moreira trabalha o time, a diretoria garante que ainda tenta a contratação de um novo treinador. (Paulo Santana/AAN)