Publicado 10 de Outubro de 2015 - 19h14

Por Delma Medeiros

Motociclista dentro do Globo da Morte: de prender a respiração

DIVULGAÇÃO

Motociclista dentro do Globo da Morte: de prender a respiração

Não importa a idade, a magia do picadeiro e da lona transforma todos em crianças, encantadas, ansiosas, participantes. Não é diferente na apresentação do Circo Internacional Kroner, instalado no estacionamento do Parque D. Pedro Shopping, em Campinas. 

O clima lúdico começa já na área externa, com as barracas de comes e bebes instaladas de uma forma que convida a sentar um pouco em uma das mesas dispostas no ambiente e degustar algum petisco, numa espécie de preparação para o espetáculo que virá. Evelyn Kroner, a ilusionista da trupe, quinta geração da família que dá nome ao circo, explica que busca manter a tradição herdada, com um apresentador comandando o espetáculo e números convencionais.

Mas se engana quem pensar que o formato é arcaico. A proposta é do circo tradicional, mas se valendo das vantagens tecnológicas de luz, sonorização e efeitos especiais. Já os números seguem a linha convencional. Capitaneados pelos palhaços, a marca registrada de qualquer circo que se preze, o Kroner apresenta atrações variadas como mágica, malabarismo, números de equilíbrio, tiro ao alvo e vários números aéreos, que deixam a plateia com a respiração suspensa, o coração disparado e os olhos grudados nos artistas, que desafiam a lei da gravidade e parecem voar nos tecidos, lira, cordas e, claro, trapézios.

A propaganda do circo não mente ao afirmar que o espetáculo, apresentado pela primeira vez em Campinas, mais que uma simples opção de lazer, “proporciona alegria, encantamento e muita adrenalina”. De origem alemã, o Kroner mantém a proposta de seguir a tradição milenar, mas com um espetáculo jovem e dinâmico, com 20 atrações intercaladas com as tiradas dos divertidos palhaços chilenos Tatin e Tingolito e o irreverente Potato. A brincadeira inclui até mesmo o contra-regra, Bigode, que começa com uma interação tímidas com o apresentador e depois entra na folia da dupla de palhaços.

Fechando a apresentação, o famoso Globo da Morte vem para o centro do picadeiro, ficando a menos de três metros do público, e tirando o fôlego da plateia com as manobras radicais feitas por cinco motos ao mesmo tempo. Pelo silêncio que reina na arquibancada durante a apresentação, acredito que a sensação do público seja similar à minha. Admiração e respeito, mas um certo desconforto: Porquê tantas motos? Três são mais que suficientes para garantir a emoção. Cinco é excesso. Primeiro fica a expectativa de como vão caber todos ali e começar a rodar naquele espaço exíguo sem trombarem. Depois que o circuito começa a dúvida é como vão conseguir parar? Ansiedade à parte, eles conseguem a proeza e aparentemente sem grande esforço. O único senão é o fato da trupe toda não voltar ao palco no final do espetáculo. Gostaria de ter aplaudido de pé, não apenas os motociclistas, mas o elenco todo.

E em homenagem aos pequenos, durante o mês de outubro, para cada adulto pagante (inteira) uma criança de até 12 anos tem entrada franca. A promoção é resultado de uma parceria entre o Parque D. Pedro Shopping e o Circo Kroner, como parte das atrações do centro de compras pelo Dia das Crianças. O ingresso-convite deve ser retirado mediante apresentação de documento no Balcão de Informações do shopping, na Entrada das Águas.

AGENDE-SE

O quê: Circo Internacional Kroner

Quando: até 25/11, de terça a sexta, às 20h30; sábados, domingos e feriados, às 16h, 18h e 20h30

Onde: estacionamento do Parque D. Pedro Shopping, entrada das Colinas (Av. Guilherme Campos, 500, Santa Genebra, fone: 4003-7740)

Quanto: R$ 60,00 (central) e R$ 40,00 (lateral). Até 31/10, criança até 12 anos acompanhada de adulto pagante tem entrada franca)

Escrito por:

Delma Medeiros