Publicado 15 de Outubro de 2015 - 9h05

Por France Press

Trump promete expulsar todos os imigrantes ilegais dos Estados Unidos e construir um muro ao longo da fronteira com o México para impedir sua entrada no país, caso chegue à Casa Branca

Divulgação

Trump promete expulsar todos os imigrantes ilegais dos Estados Unidos e construir um muro ao longo da fronteira com o México para impedir sua entrada no país, caso chegue à Casa Branca

Um ato de campanha do pré-candidato republicano Donald Trump provocou nesta quarta-feira uma briga entre partidários do magnata e estudantes latinos que criticavam suas posições sobre os imigrantes.

Um grupo de doze estudantes latinos tentou interromper Trump, que iniciava seu discurso em um comício na cidade de Richmond, Virgínia, aos gritos de "estamos aqui para ficar" e "abaixo Trump".

Diante do protesto, várias pessoas que participavam do comício avançaram contra os estudantes, rasgaram seus cartazes e passaram a empurrar o grupo, em um confronto que durou vários minutos.

"Voltem para onde vieram!" - gritou um dos partidários de Trump, que recebeu um "foda-se" como resposta de um estudante.

Outro partidário do pré-candidato republicano cuspiu na cara de um estudante.

Trump prosseguiu normalmente com seu discurso e depois comentou com a AFP que "não viu os manifestantes".

Os estudantes, da Virginia Commonwealth University de Richmond, revelaram que pretendiam chamar a atenção sobre as posições racistas de Trump envolvendo os imigrantes.

"Queríamos apenas mostrar que aqui não toleramos racismo. Ele está incitando à xenofobia e ao ódio contra as minorias", disse uma manifestante, que foi retirada do local pela polícia.

Trump promete expulsar todos os imigrantes ilegais dos Estados Unidos e construir um muro ao longo da fronteira com o México para impedir sua entrada no país, caso chegue à Casa Branca.

Escrito por:

France Press